Chalé de Quione ❄

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Chalé de Quione ❄

Mensagem por Anya Diggs Winchester em Qua 27 Nov 2013 - 17:22

Can it Be like this FOREVER?

Meus dias ali so estavam melhorando, a cada dia uma aventura nova, algo para fazer finalmente. Depois de 15 anos na mesmice de Nova Jersey, finalmente vim para um lugar onde posso me interagir com pessoas decentes e inteligentes ( Algumas ). Entrei no meu chalé e meus irmaos ali estavam conversando e fazendo a mesma bagunça gelada de sempre. Entro para os dormitórios e me deito ali, olhando para o nada. Me levantei e peguei meu livro, fui para o salão principal do chalé, me sentei ali e tentei ler o meu livro, mas meus irmaos faziam muito barulho, nao dava para concentrar em nada ali. Fui para a frente do chalé e ali fiquei sentada lendo meu livro por umas 2 horas. Sai dali e entrei para o chalé de novo, todos estavam mais quietos, alguns estavam lendo outros estavam dormindo. Fui para minha cama de novo e tentei dormir, mas como nao consegui me sentei no sofa e ali fiquei ate me da sono e adormecer ali mesmo.
 

Don't play with me
avatar
Filhos de Quione

Mensagens : 1

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Melynda M. Dellatorre em Dom 12 Jan 2014 - 15:00



Dreams

Will be then contain something important in them?


Depois da festa no chalé 12,e de tirar minhas amigas bêbadas de lá, resolvi dar tchau ao novo conhecido Caleb, e rumar para o chalé 23.Entrei no chalé frio, feito de gelo,passei pela sala monótona sem cores, segui pelo corredor extenso e entrei na porta a esquerda, entrei no quarto e fui logo para minha mala. Peguei um pijama Azul com desenhos de corações brancos, e fui para o Banheiro onde tomei um banho morno,coloquei o pijama e fui para a minha cama do canto encostada em uma parede. Me cobri com um cobertor fino cinza; eu não estava com frio mais mesmo assim me sentia melhor com ele.Virei-me de lado e olhei alguns meio-irmãos meus, uns dormindo outros mexendo em seus celulares, ou lendo. Lembrei que se eu dormisse poderia ter mais sonhos loucos, ou até pesadelos,pois tive vários um mês atraz. Mas eu não ia conseguir passar a noite em claro;meus olhos estavam fechando sozinhos de tanto sono. Me entreguei a escuridão dos mesmos fechados,e esperando uma noite de sono normal que nem a anterior.. sem sonhos ou pesadelos...


avatar
Filhos de Quione

Idade : 21
Mensagens : 32

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Lauren Hulshöff Ehrarck em Sab 8 Fev 2014 - 13:02



In real life

that there will be one?


Ter sido uma indefinida durante quase um mês no acampamento não era nem de longe a melhor coisa. Ainda mais em estar no chalé de Hermes, onde tudo e todos se aglomeravam, tenho quase certeza que os verdadeiros filhos do deus não gostavam disse, exceto um ou outro que usavam desse artifício para roubar os demais. Dei de ombros, agora seria uma vida nova, uma nova estrada pela frente percorrida. E a julgar pelo que ouvi não cheguei em um dos melhores dias aqui no acampamento, o zum-zum-zum sobre uma possível guerra, e deuses se confrontando e também Hera... Aquilo era demais para mim.

Mas agora eu estava ali, adentrando o chalé de Quione, minha mãe. Não que eu tivesse certeza sobre isso, mas aquela pitada de curiosidade sobre a deusa da neve me deixa excitada. Será que meus irmãos seriam legais? Será que já viram nossa mãe? Pelos deuses, estava eufórica. Joguei minhas coisas no canto de uma beliche que estava vazia, e então deitei na cama, tentando absorver todo aquele ar gelado que fazia somente dentro do chalé. E assim adormeci, um sono leve e amigável.


avatar
Filhos de Quione

Idade : 25
Mensagens : 12

Ficha Campista/Divina
Level: 3
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Melynda M. Dellatorre em Sab 8 Mar 2014 - 23:58







Depois de um logo dia, eu precisava descansar no chalé 23, obviamente. Entrei no chalé frio e quando pensei em abrir a porta para o quarto, olhei para a porta do fim do corredor e devagar,como se algo pudesse sair dela,fui a seu encontro; coloquei minhas pequenas mãos na maçaneta,e a girei e vi o jardim de inverno que eu nunca fora ver, apesar de eu saber de sua existência. Fechei a porta atrás de mim e vi arvores secas e algumas flores, umas ali e outras aqui; senti a neve que caia no lugar, repousar em minha mão aberta em minha frente, quando aproximei o floco para velo melhor,olhei para além dele e vi dois pequenos bancos largados em um local pequeno a minha frente; fui até um deles e me sentei. Então enquanto a neve caia em mim, e eu olhava as lindas flores pelo local, me lembrei de uma pessoa que nunca mais tinha visto.. 'Logan' era seu nome, e eu, por mais estranho que parecia sentia saudade do garoto que me ajudou a tirar minhas duas amigas bêbadas de uma festa. *Onde será que ele andava? e porque eu não o procurei mais?* pensava eu.. será que nos veríamos de novo? eu achava que infelizmente não..


obs: vish o 'Caleb' mudou de nome.. qq

avatar
Filhos de Quione

Idade : 21
Mensagens : 32

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Rachel Learmonth Dicker em Sab 12 Abr 2014 - 12:45

I wish I could be the one
the one who won't care at all with her

Estava correndo, correndo, correndo e correndo, sentia meus pulmões arderem pelo esforço de correr tanto e muito rápido, sentia um liquido quente escorrer por minha testa, passei a mão para ver o que era e encontrei minha mão toda suja, suja de sangue, olhei para a minha mão assustada, mas o pior era que eu não sabia do que estava correndo, só sabia que precisava fugir, fugir de alguma coisa má, monstruosa e que queria me ferir, senti lágrimas escorrendo por meu rosto e parei de correr, já que não conseguia enxergar muito bem.

Não fazia sentido correr tanto até que alguma coisa bateu em minhas costas, soltei um gemido de dor e antes que eu pudesse colocar meus braços para amortecer a queda, bati de cara no chão, cuspi sangue com um dente, legal... Eu havia perdido um dente, mas não devia me preocupar com isso agora, eu estava sentindo uma mão gelada passar por minhas costas, fechei meus olhos, gemendo baixinho, querendo que aquilo acabasse logo, até que senti uma dor mais forte, gritei, gritei o mais alto que podia, gritei até sentir minha garganta arder, estava quase implorando pela morte...

[...]

Abri os olhos, sentindo meu corpo inteiro molhado, olhei para as minhas roupas e elas estavam completamente molhadas e por fim, soltei um suspiro aliviado por aquilo ter sido só um sonho, mordi meus lábios e saí da cama indo direto para o banheiro, liguei o chuveiro e retirei minhas roupas, entrei no box e deixei que a água gelada caísse sobre meu corpo, estava me sentindo aliviada com aquilo, fiquei por um tempo ali, até que decidi sair, enrolei a toalha no corpo e fui procurar uma roupa para vestir, o bom de ser filha de Quione era que ela não tinha muitos filhos e com isso o chalé ficava mais ou menos organizado, meus irmãos estavam todos fora do chalé e eu era a única que ficava ali o dia inteiro, ás vezes só saía para treinar, mas era muito raro.

Peguei um short jeans velho e rasgado, uma camiseta que tinha duas vezes o meu tamanho, estava escrito "Evanescence" na frente, peguei as roupas intimas e voltei para o banheiro para me vestir; Me vesti rapidamente e voltei ao chalé, peguei meu livro e sentei em minha cama, sem o chalé de Héstia, eu não tinha outra opção a não ser ficar no chalé de minha mãe até que Héstia me chamasse para alguma missão, aquilo era frustrante, mas eu já tinha me acostumado; Soltei um suspiro e abri o livro, logo começando a lê-lo para passar o tempo já que não iria sair dali mesmo.
avatar
Adotados de Hestia

Idade : 19
Mensagens : 20

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Melynda M. Dellatorre em Ter 29 Abr 2014 - 13:09

I'll put your poison in my veins
They say the best love is insane


Acordar no chalé bem vazio e frio dos filhos de Quione era uma coisa tão.. tediante. Sabe, você acorda olha em volta daquele lugar discreto e calmo e pensa em querer ficar ali mesmo.. lendo ou escutando musica. Vida social fora do chalé eu não tinha - A não ser que você considere ir em uma festa só uma vez ter 'vida social' - e creio que meus irmãos também não tinham.. talvez meu irmão Leo tivesse..mas no momento não tenho como provar. Sai do quarto descalço no chão frio mesmo até a porta de entrada do chalé; abri ela e olhei para fora. Vários Semi-Deuses conversando alto, garotos contando de seus treinos e de monstros que derrotaram; garotas conversando com suas amigas uma ao lado da outra meio baixo pois não consegui identificar do que falavam.. e aquilo tudo me deixava pensando em como seria ter coisas para contar para alguém, e várias pessoas para dividir os acontecimentos do meu dia. Afastei este pensamento e voltei para o quarto, onde deitei em minha cama e fiquei tentando dormir.. pois dormir me apagava da realidade.

off: Que post mais Bleh .-.
avatar
Filhos de Quione

Idade : 21
Mensagens : 32

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Lauren Hulshöff Ehrarck em Seg 16 Jun 2014 - 17:48


— This love has taken its toll on me... — cantarolava, enrolada na toalha. Estava no meio do seu quarto, com os cabelos pingando e a toalha amarrada num nó grosseiro ao lado do corpo, enquanto catava uma roupa para usar. As roupas estavam, em geral, sujas; amontoava todas debaixo da cama ao invés de lavá-las, e com isso, sobravam poucas opções. — Por Merlin, cadê? — ela murmurou, revirando uma pilha pequena de roupas que tinha trazido consigo de sua casa. Bufando, lembrou-se de que uma das suas irmãs havia pego as roupas sujas para serem lavadas, sendo assim não lhe sobrava opção, ou ficaria só de roupas íntimas ou colocaria um pijama antigo. Que seja, pensou. Foi até a antiga penteadeira pegando suas roupas íntimas e vestindo-as, fazia frio, e desde quando ela se importava com o frio? Agarrou-se a toalha com uma das mãos, virou-se pensando em sair do quarto e ir a uma de suas amigas, mas não seria necessário agora. Apenas deitou-se na cama e espero que o tempo passasse.


post lixo porque sim <3
avatar
Filhos de Quione

Idade : 25
Mensagens : 12

Ficha Campista/Divina
Level: 3
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Naomi Pallas Ludwing em Seg 16 Jun 2014 - 19:08



Passara o dia todo pelo acampamento, cuidando de assuntos práticos e totalmente pessoais, treinei até que meu corpo pudesse doer da cabeça aos pés e então treinei mais um pouco. Estava no limite do meu cansaço, por isso quando voltei para o chalé ignorei tudo que estava no meu caminho, peguei minhas roupas e segui para o banho. A água quente caia como uma cascata sobre os meus ombros, eu podia sentir enquanto os nós de tensão eram desfeitos pelas mágicas mãos daquela ducha magnífica, eu poderia passar o resto da vida ali, mas sabia que essa não era uma opção para aquele momento. Enfiei a cabeça sob a água, removendo todo e qualquer resquício de xampu. Quando finalmente voltei para o Chalé, vestida com short e regata branca, enquanto secava os cabelos ainda úmidos, me deparei com uma bagunça astronômica. Haviam peças de roupa espalhadas por todos os lados, e eu podia jurar que a maioria nem limpa estava. O chalé estava totalmente vazio e eu não tinha ninguém para culpar. — QUE MERDA É ESSA? — Gritei exasperada, enquanto pulava montinhos de roupas, tentando não pisar em nada com os pés que calçavam apenas chinelos comuns. — Eu juro que ainda acabo matando alguém, é sério. — Murmurei, tentando manter o controle enquanto caminhava até alcançar a minha cama. Larguei minha toalha e demais pertences que levara para o banho, e me virei para o quarto, analisando a bagunça enquanto sentava na cama. — É uma pegadinha? — Perguntei para as paredes, sabendo que minha voz estava estridente. — Vocês sabem muito bem que eu detesto sujeira, aceito uma baguncinha, mas isso ta fora do normal! — Apontava para aquele monte de roupas espalhadas a minha frente. Era mentira, eu não aceitava bagunça, realmente não me deixava feliz, mas se tudo estivesse limpo eu até poderia conviver com umas coisinhas fora do lugar.

Bufei não uma, duas ou três vezes, bufei muitas vezes antes de resolver entrar em ação. Revirei o quarto, tomando o cuidado de não aumentar mais ainda aquela zona, é claro. E só me dei por satisfeita quando encontrei um grande cesto de vime, ele era uma espécie de enfeite mas hoje ganharia uma função muito interessante. Peguei uma espada, que no caso não me pertencia, mas sim a Agustus. Ele era um campista legal e eu arrancaria seus olhos se ele reclamasse do fato de ter mexido em suas coisas, então não teríamos muitos problemas.  Com a espada em mãos comecei a recolher as roupas espalhadas, eu usava ela da melhor maneira que podia e jogava todas as peças dentro do cesto de vime. Uma atrás da outra, não posso negar que acabei atravessando alguns tecidos durante a execução da tarefa, então eu seria perfeitamente capaz de descobrir quem eram os donos daquelas roupas quando encontrasse alguém reclamando das peças rasgadas ou esburacadas. Quando terminei, e demorou um bocado de tempo, o cesto estava cheio até a tampa, não só de peças de roupa comum mas de tudo aquilo que encontrei fora do lugar ou com cara de sujo, e isso incluía roupas de cama e outros itens. Voltei a espada para seu lugar de origem, como se ela nunca tivesse saído dali. — E agora o gran finale. — disse sorrindo enquanto rabiscava um bilhetinho, que prendi pelo lado de dentro da porta do nosso Chalé, com o auxilio de uma adaga que encontrei durante minha arrumação. "Queridos irmãozinhos. Eu adoraria dizer que amo vocês, mas nesse momento eu estou mais inclinada a arrancar os dedos daqueles que deixaram esse chalé parecendo um chiqueiro. Agradeceria se isso não tornasse acontecer, com o amor assassino da sua irmã Alasca." Bati a porta atrás de mim assim que deixei o Chalé e segui para o refeitório, meu estômago já roncava de fome.


 50 Dracmas — Quione
avatar
Indefinidos

Idade : 19
Mensagens : 16

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Melynda M. Dellatorre em Qui 10 Jul 2014 - 17:16



--------------------------------------------------------------------------------------------------

Acordei do nada a noite e olhei em volta do quarto.. meus irmãos estavam dormindo tranquilamente.
De repente notei minhas cobertas no chão, sabe, eu tenho um abito de dormir com elas não pelo frio que o chalé transmite ( pois nós, filhos de Quione conseguimos ficar ali no nosso chalé de short e regata, enquanto qualquer outra pessoa do acampamento não consegue ficar assim nem por 10 segundos.. ) , mas sim, pelo peso confortável que elas tem em cima do meu corpo; me levantei da cama, arrumei as cobertas na mesma e me deitei novamente.. não demorei a dormir. 




off: post lixo pra não perder a Swift.. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Filhos de Quione

Idade : 21
Mensagens : 32

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Rachel Learmonth Dicker em Sab 12 Jul 2014 - 23:04


— Lately, I've been, I've been losing sleep, dreaming about the things that we could be, but baby, I've been, I've been praying hard... —  Cantarolei enquanto arrumava minhas coisas, as coisas pelo acampamento estavam mais calmas do que nunca, mais isso só servia para me deixar mais estressada. Eu sabia que tinha que treinar, mas não o fazia, só sabia ficar no chalé trancafiada dormindo, estava parecendo mais com uma filha de Hipnos do que Quione. —  Sitting, no more counting dollars, we'll be counting stars, yeah we'll be counting stars… —  Continuei cantarolando enquanto enfiava minhas coisas dentro do baú, nem paciência para arrumar aquilo eu tinha, quando terminei de arrumar as coisas, peguei minha sacola de doces e me joguei na cama, peguei uma varinha de Alcaçuz e comecei a comer enquanto lia um de meus livros preferidos, pelo jeito o dia seria longo. Fiquei por alguns minutos lendo, até que desisti e fui dormir.
avatar
Adotados de Hestia

Idade : 19
Mensagens : 20

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Chillie P. Möhrhauser em Sab 9 Ago 2014 - 14:47


Estava entediada, oque não era nem um pouco anormal. Passar os dias dentro do chalé sem fazer nada se tornaram uma rotina, pois era preguiçosa demais para ir treinar ou para ainda respirar um ar puro. Já estava cansada de ficar deitada na cama olhando pro teto e resolvi dar uma limpada no chalé, pois assim não teria que sair do mesmo. Peguei um pano velho e o umedeci e comecei a passa-lo pelas prateleiras do chalé, limpei as escrivaninhas e joguei fora os papéis velhos. Depois varri o chalé, e guardei todos os livros em ordem alfabética. Limpei as vasilhas e caminhas dos lobos de Quione e troquei suas rações. Organizei as gavetas com papéis e joguei fora os restos de comida que os campistas largavam ali. Passei um lustra móveis por cima de tudo, e finalmente terminei a limpeza. Suspirei, arrumei todas as camas por fim e saí do chalé para comer alguma coisa.
avatar
Filhos de Quione

Mensagens : 20

Ficha Campista/Divina
Level: 9
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Melynda M. Dellatorre em Seg 8 Set 2014 - 20:55






O chalé estava calmo e quase vazio; eu resolvi dar uma saída do quarto e ir dar uma olhadinha no acampamento, e , assim que abri a porta me deparei com um dia ensolarado e quente, e vários campistas andando pra lá e pra cá. Resolvi voltar para dentro do quarto e assim que cheguei lá, peguei uma barra de chocolate para devorar sozinha, coloquei meus fones de ouvido e fiz uma lista de musicas calmas, e que não eram chatas, coloquei play e assim passei o resto da tarde.
 
avatar
Filhos de Quione

Idade : 21
Mensagens : 32

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Naomi Pallas Ludwing em Dom 2 Nov 2014 - 11:05






Acordei cedo naquele dia, porém um pouco indisposta. Foi por isso que levantei cambaleando da cama. Demorei vários minutos para me localizar, mas era só mais um dia no Chalé de Quione, então dei de ombros como se tivesse acabado de acordar de um sonho estranho. Remexi meus pertences até encontrar uma camisa laranja do acampamento (não, a cor definitivamente não combina comigo) e um short jeans preto dos mais surrados que o mundo moderno pode conhecer. Pois é, eu gosto desses mesmo obrigado. Com isso em mãos apanhei meus tênis, toalha e produtos de higiene e segui para fora do Chalé, afim de tomar uma boa ducha antes de ir para o Café da Manhã.
 
avatar
Indefinidos

Idade : 19
Mensagens : 16

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Rachel Learmonth Dicker em Sab 10 Jan 2015 - 11:39

nightmare dressed like a daydream
the one who won't care at all with her

O dia amanhecera, e eu pude acompanhá-lo de camarote. Fiquei deitada na minha cama me remexendo de um lado para o outro, afim de capturar meu sono novamente. Eu sabia que essa era uma tentativa inútil se tratando de mim. Eu simplesmente não conseguia dormir depois de ver que o sol da manhã cruzou a janela. Mesmo assim hesitei em levantar, mas foi mais forte do que eu. Sentei me na cama e fiquei analisando o lugar. Alguns meio-irmãos estavam dormindo para variar. Pousei meus dois pés sobre o solo felpudo e gelado ao lado da minha cama. Joguei meu cabelo para um lado e bufei. Minha franja a acompanhou. Elevei minhas duas mãos para o ar e as uni. Alonguei as duas para cima dando uma pequena espreguiçada. Deixei alguns pensamentos gostosos fluir em minha mente enquanto caminhava até o banheiro.  O chalé estava calmo. Ao chegar no banheiro fiz tudo o que era preciso e voltei para o centro do chalé. Fui até minha cômoda e peguei um par de roupas. Um short jeans destroyed e uma camiseta fresca. Agora era a vez do meu cabelo. Eu não era nenhuma filha de Afrodite, mas meus cabelos nunca foram um problema. Pareciam sempre concordar comigo. 

[...]

Me virei para a minha cama. Os lençóis claros e de seda estavam em ondas. Tirei todas as minhas almofadas as colocando no pequeno divã perto da janela. Estiquei os lençóis que estavam em camadas e fui o alinhando. Finalmente andei até o encosto na janela e peguei as almofadas e fui colocando-as sobre a cama. Eu realmente estava meio enferrujada. Por isso Héstia não estava me chamando para nada. Eu sabia que deveria parar com esse tipo de atitude. Mas às vezes eu simplesmente faço esse tipo de problema sumir. Eu não sei como, mas eu tinha uma boa relação com os meus sentimentos. Sabia quando era a hora de sentir, ignorar e amar. Resolvi sair do chalé e ir para o Pavilhão do Refeitório. Já estava na hora de tomar café da manhã e meu estômago realmente concordava com isso. Me sentei em uma poltrona e arrastei um par de sapatos meus. Após calçá-los caminhei até a porta ajeitando a camiseta e fui separando meus cabelos de um lado para o outro. Até sair de vez do chalé.
avatar
Adotados de Hestia

Idade : 19
Mensagens : 20

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Rachel Learmonth Dicker em Seg 12 Jan 2015 - 13:18

that i'm never changing who i am
Head in the clouds

Cheguei exausta e suada até a porta de entrada do chalé. Realmente precisava descansar. Girei a maçaneta da porta e entrei. Não havia muita movimentação na primeira sala. Talvez alguns dos meus meio-irmãos estivessem deitados ou fazendo algo fora. Não dei muito importância e continuei entrando. Eu estava muito suada e precisava de um bom e belo banho. Mesmo assim a temperatura do chalé se chocou com meu corpo fazendo eu diminuir minha transpiração. Mas mesmo assim eu precisava trocar de roupa. Continuei andando descontraída passando os dedos sobre o cabelo. Sentei até um sofá e tirei meus sapatos. Cheguei ao banheiro e fui tirando as peças de roupa ficando apenas de lingerie. Pendurei as peças e abri o box do chuveiro. Os ladrilhos gélidos se chocaram com meus pés. Abri o registro do chuveiro e deixei a água percorrer pelo meu corpo. Peguei no nicho meus produtos de banho preferido assim espremi meu shampoo na palma da minha mão e comecei a massagear meus cabelos. Me virei e fechei o chuveiro. Fui massageando meu cabelo com minhas duas mãos afim de tirar toda sujeira e oleosidade. Abri o registro novamente e enxaguei meus fios de cabelos. Agora era a vez do condicionador. Peguei o mesmo no nicho e sacudi espremendo uma certa quantidade na minha mão. Elevei até meu cabelo e fui fazendo o mesmo processo do shampoo. Após esperar alguns minutinhos enxaguei e deixei a água fria cair. Peguei minha esponja e coloquei meu produto de banho corporal preferido e fui deslizando sobre meu corpo. Após tirar toda a impurezas da pele fui esfregando água que caía no meu corpo. Saí do box e peguei logo meu roupão. Logo em seguida peguei uma toalha que estava desposta na mesinha de vidro em um canto e a pus no cabelo. Me olhei no espelho e peguei um produto de pele que estava na bandeja espelhada acima da pia e passei no meu rosto. Após isso fui caminhando para trocar de roupa.

[...]

Sentei em minha cama e passei as mãos em meu rosto. Me levantei e fui até minhas gavetas. Peguei um novo conjunto de lingerie, uma blusa, um blazer e um short. Me virei para o biombo e fui me vestindo. Tirei a toalha do meu cabelo e balancei. Fui perambulando até o banheiro outra vez e pairei em frente ao espelho. Peguei meu creme de hidratação e fui passando pelos fios e em seguida dei uma penteada desembaraçando com o pente. Peguei meu secador e liguei na tomada. Fui secando meus fios até ficarem totalmente secos. Peguei meu modelador de cachos e aloquei-o na bancada. Tirei o secador da tomada e pus o modelador. Esperei esquentar por um tempo e depois fui separando meu cabelo em mechas pegando uma por uma e assim passando-o para deixar ondulado. Após todo o processo, peguei um bobe e prendi na minha franja com um grampo. Fui até minha cômoda e em cima dela peguei minha maleta. Levei até o banheiro e fui passando meus produtos. Para finalizar peguei um batom da M.A.C, cor Pillow Talk e fui deslizando pelos meus lábios. Guardei tudo novamente e peguei meu perfume preferido Chanel Nº 5 e apliquei. Segui novamente para o centro do chalé, precisa guardar e organizar algumas coisas.
avatar
Adotados de Hestia

Idade : 19
Mensagens : 20

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Rachel Learmonth Dicker em Sab 17 Jan 2015 - 21:26


this life i'm pursuing
tell me something i don't know

Após passar o dia perambulando pelo acampamento havia voltado para o chalé. Ao adentrar, logo havia me deparado com a imensa bagunça. Parecia que tinha havido uma festa e tinham esquecido de me convidar. Alguns dos meus meio-irmãos realmente não tinham nada a ver comigo às vezes. Eu não suportava a bagunça, eu mudava de humor muito rápido quando via esse tipo de situação. Eu sou um tipo de pessoa muito perfeccionista e se as coisas estão fora do lugar realmente fico estressada. – Mas que merda gente! Acho que só para variar vocês podiam colaborar mais. – Mesmo assim eu não quis encostar em nada naquele momento. Guardei as armas no mesmo baú que guardo as outras e peguei um livro em cima da minha cabeceira. Fui diretamente para o Jardim de Inverno. Abri a porta e me sentei em uma chaise longue. Joguei meus cabelos para um lado e me acomodei no assento. Encostei meus cotovelos e me encontrava em uma posição lateral com as pernas dobradas. Deixei a preocupação de lado por um instante e abri a página do livro que estava marcada com um marcador. Tirei o mesmo e o coloquei na primeira página. Encostei minha cabeça e comecei a ler o livro. Minha cabeça já não estava mais a mil, mas ainda percorria em minha mente o chalé totalmente desorganizado. Continuei lendo até que fui me envolvendo novamente com o livro.  

[...]

Após terminar uns três capítulos do livro. Me levantei do assento. Fui ajeitando meu cabelo enquanto caminhava de volta para o corredor. Fui até o quarto e as camas não estavam na mesma bagunça de antes. – Pelo menos isso né, será que eu teria que ajeitar até a cama de vocês. – Murmurei e segui para a sala. Estava na mesma. Tudo desorganizado, copos espalhados papéis de doces por todo o lado. Um dos defeitos dos filhos de Quione é que alguns eram bastantes acomodados. Ainda bem que não puxei isso. Falei comigo mesma em meu pensamento. Eu não era o tipo de pessoa que ficava na minha esperando os outros se movimentarem. Às vezes eu penso que deveria ser assim um pouco. Fui até o banheiro e abri o armário de baixo da bancada da pia. Peguei um sacola grande de lixo e infelizmente não havia luvas. Voltei até o centro do chalé. Fui caminhando desviando de almofadas espalhadas pelo chão enquanto recolhia as embalagens de barra de chocolate. Caminhei até uma mesa lateral e puxei um copo. Embaixo, havia uma marca terrível da bebida no branco do mesa. Praguejei. Ainda teria mais essa, teria que esfregar. Levantei meu corpo novamente e continuei catando as besteiras. Comigo era assim, se não catou é porque não tem dono e se não tem dono, eu poderia jogar fora. E fora o que eu fizera. Peguei umas peças de roupas manchadas que estavam jogadas sobre o sofá e coloquei dentro do saco. 

Recolhi as almofadas do chão e alguns objetos de decoração e coloquei sobre o sofá. Fui até a mesa de centro e tirei toda a sujeira com o dorso da mão arrastando até o saco. Fui até uma poltrona que havia alguns restos de biscoitos no assento e coloquei dentro da sacola. Fui até o banheiro e peguei um paninho e o umedeci. Voltei para a sala e fui esfregando a sujeira das mesas. Tirei o pó de de uns objetos e fui posicionando as coisas nos seus devidos lugares. Peguei as almofadas e as ordenei no sofá e na poltrona. Estava quase tudo terminado. Catei alguns poucos objetos que estavam largados no chão e os coloquei em uma cesta de vime no canto do corredor. Andei dois passos para atrás e analisei tudo para ver se não havia deixado nada despercebido. Fui até um vaso de flor e as tirei. Peguei o vaso e fui até o banheiro despejei as flores velhas fora e enchi o recipiente com um pouco d'água. O coloquei de volta no móvel e me direcionei para o jardim de inverno e catei uma nova muda. Coloquei dentro do jarro e não havia mais nada para se fazer. Peguei o saco no chão e o amarrei o alocando em um canto, logo alguém levaria para o lixo dessa vez. – Tudo em ordem. – Me larguei no sofá e bufei, alguns fios de cabelos voaram. Agora só faltava meus meio-irmãos chegarem ali, eu teria uma nova conversinha com eles. Eu realmente sentia uma saudade do chalé de Héstia. Lá eu podia ter tudo organizado. Mas às vezes as coisas não saem como planejamos. Mas não significa que é a pior coisa.

Os deuses agradecem pela contribuição. +50 dracmas.
Hera
avatar
Adotados de Hestia

Idade : 19
Mensagens : 20

Ficha Campista/Divina
Level: 6
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Lauren Hulshöff Ehrarck em Qua 11 Mar 2015 - 10:35






— Your loving takes me higher, you set my heart on fire. When you touch my body, got me singing like Mariah... — cantarolava, enrolada na toalha. Estava no meio do seu quarto, com os cabelos pingando e a toalha amarrada num nó grosseiro ao lado do corpo, enquanto catava uma roupa para usar. As roupas estavam, em geral, sujas; amontoava todas debaixo da cama ao invés de lavá-las, e com isso, sobravam poucas opções. — Pelos deuses, cadê? — ela murmurou, revirando uma pilha pequena de roupas que tinha trazido consigo de casa. Bufando, lembrou-se de que uma das irmãs havia pego as roupas sujas para serem lavadas, sendo assim não lhe sobrava opção, ou ficaria só de roupas íntimas ou colocaria um pijama antigo. Que seja, pensou. Foi até a antiga penteadeira pegando suas roupas íntimas e vestindo-as, fazia calor, o que era normal para mim e completamente incomum para os demais semideuses, mesmo com o ar gélido do chalé ainda assim era um clima agradável para mim. Agarrei a toalha com uma das mãos, deitei novamente na cama e permaneci assim.
 
avatar
Filhos de Quione

Idade : 25
Mensagens : 12

Ficha Campista/Divina
Level: 3
Mascote: Lobo Albino Gigante
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé de Quione ❄

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Aliados e ParceirosCréditos e Copyright©
:: Topsites Zonkos - [Zks] :: Wild Scream RPG RPG Hogwarts Todos os direitos reservados a Monte Olimpus RPG® 2011-2016