Praia dos Fogos de Artifício

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Davos H. Grümmer em Qui 21 Nov 2013 - 19:58

Relembrando a primeira mensagem :

king of darkness,
as confusões sempre estão comigo.

Devo assumir que eu já não suportava mais esperar ter que vir para este acampamento, minhas ferias anteriores foram agradáveis, havia conhecido algumas pessoas e feito alguns amigos, mesmo que você, caro leito, esteja duvidando disto no momento, eu tenho amigos. Não é porque eu sou lindo, perfeito, extrovertido, elegante, sexy, sedutor, atraente, perfeito e maravilhoso, que eu não tenho amigos. É obvio que eu também sou um cara muito humilde e cheio da realidade nas palavras, sou filho da escuridão mas tenho um clarão no coração, isso soou muito gay... Mas eu não me importo, até porque isso são meus pensamentos. Estava eu, caminhando lindamente pelos terrenos do acampamento, até meus pés guiarem-me direto para a praia, onde retirei minha jaqueta de couro preta e a pus na areia, sentando-me em cima da mesma e fiquei olhando ao céu.  — Deve ser interessante sentir frio. — Por pura sorte do destino, ou talvez azar, eu não era um cara que sentia frio, geralmente eu era o cara que esquentava as pessoas do frio, no entanto, eu devo assumir que sou pegador. Mas sou também muito quieto e calado, falo com as pessoas quando eu julgo necessário falar, e quando falo é somente aquilo que eu acho que é útil a ser dito, tenho o péssimo (outalvezotimo) habito de não gastar saliva atoa. Dei de ombros novamente e passei a mão por meu cabelo, erguendo a sobrancelha e observando com mais atenção ao céu, naquela noite.

avatar
Guardião de Perséfone

Idade : 26
Mensagens : 117

Ficha Campista/Divina
Level: 50
Mascote: Cavalo Carnívoro
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Artie Lankford Carroll em Ter 4 Fev 2014 - 20:21

Percebi o quanto esquisito e bom havia ficado, ainda saia da água, mas apareceram três garotas ali. Paraíso quase diria, não era normal ser o único homem ali, perto de três garotas de Biquíni. Ao me aproximar, reparei que já conhecia uma delas, que é a minha irmã Alexis. — Oi de novo, acho, para as duas que chegaram... — Foi uma idiotice tímida minha, talvez. Meu corpo estava completamente fora da água, queria voltar, a água estava realmente boa para aquele horário. Mas sabia eu que seria bom parar com vícios. Me aproximei das três garotas, sentei-me perto delas, e permaneci em silêncio. Ficar calado era uma boa, mas não a opção correta. Lembrava-me da última vez que fui a uma praia, não sabia nem da existência do acampamento, e também não foi a lá uma experiência muito agradável, então, seria melhor esquecer. — Eu me chamo Zachary, mas podem me chamar de Zach, e vocês? — Dei um sorriso, que logo se encerrou ao eu olhar seriamente com um olhar sério. — Eu sei que você é você, então não precisa dizer o seu nome, Mana. — Ri um pouco depois, talvez sem motivo, aquela cara de sério não era muito de minha pessoa, e sim uma cara de garoto tímido ou até safado, mas não vou ao caso. E aquilo provavelmente diria ao fato de que eu também sou Filho de Ares, como ela. Fiquei em silêncio, de vez enquanto olhando para água, e olhando para as três garotas que estavam ali.
avatar
Filhos de Ares

Idade : 19
Mensagens : 15

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Siobhan O'Connell em Qui 6 Fev 2014 - 18:16



Shining like a fiery beacon.

Passado pouquíssimo tempo, parecia que todo o mundo se lembrava de passar um pouco da noite por aqui à beira mar. Mais uma nova filha de Ares apareceu perguntando a questão derradeira. Não a podia culpar, ela tinha toda a razão. Uma pequena risada tímida se escapou pelos meus lábios pela situação um pouco peculiar. Apenas conhecia Vika, e a timidez de sempre nunca me ajudava em nada. Zach, o garoto moreno se apresentou muito descontraidamente com um pequeno sorriso nos seus lábios.

— Prazer Zach, sou a Shiv. — ofereci-lhe um sorriso em direção dele ao acomodar-me na toalha agora estendida na areia. Olhei para Vika e tive que concordar. — Não me apetecia nada ser apanhada. — só de pensar o meu corpo arrepiou-se. Tudo menos ser apanhada e merecer um castigo, não me apetecia nada ir limpar os pratos da cozinha.

Um vento fresco passou por nós e fui obrigada a vestir o pequeno casaco que trazia comigo. Enquanto que eles falavam, aproveitava para brincar com a areia com um ramo fino de uma árvore qualquer fazendo rabiscos sem qualquer sentido.    
 

 eu | pensamentos | narrador
thanks tess
avatar
Devotas de Hera

Mensagens : 84

Ficha Campista/Divina
Level: 18
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Artie Lankford Carroll em Sex 28 Fev 2014 - 16:58

Percebi que com o tempo, aquele momento dali estava por ficar tedioso, e também minha vontade de voltar para o chalé era completamente enorme. — Bem meninas, acho que estou indo embora, vocês também irão? — Peguei a minha camisa que estava jogada sobre a areira, que por pouco não molhou, pois a maré havia subido desde quando eu a joguei por lá. Olhei para as garotas e percebi que elas também estavam saindo, e recolhiam suas coisas. — Vamos? — Sorri para as garotas, sabendo que provavelmente Alexis estava indo para o mesmo local que eu. E logo percebendo que elas começavam a caminhar para fora da Praia, decidi fazer o mesmo para que todos fossem juntos, e com isso acabamos por sair do local, e cada um segue por seu destino desejado depois daquilo.


Off: Apenas uma postagem retirando todas dali, no qual fiz rapidamente. Não estaria satisfeito apenas com um "Saio dali, levanto doas elas comigo".
avatar
Filhos de Ares

Idade : 19
Mensagens : 15

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Alexis Carozella Kozloski em Ter 4 Mar 2014 - 15:48

O Acampamento Meio-Sangue era protegido por uma fina barreira mágica que o envolvia como uma cúpula de névoa a prova de monstros e mortais. Após o início da guerra, dei a volta pela floresta em volta de todo o acampamento, atrás de uma brecha que me permitisse entrar sem ser notada, o que não foi difícil já que a barreira foi quebrada quando o Velocino foi roubado e o pinheiro Thalia queimado. Aliás, no final das contas, o Velocino de Ouro havia ficado comigo após ser roubado. Agora o preciso Velocino dos gregos me servia como uma sela confortável para o meu bumbum sobre Lighting, meu pégaso. Enquanto caminhávamos em meio a floresta, me virei afim encarar o a colina que ficava cada vez mais distante atrás de nós. Alguém já havia feito o trabalho de apagar o Pinheiro - Malditos - praguejei e continuei floresta adentro.

Mais adiante encontrei uma forma de finalmente adentrar o Acampamento: Pela praia. Devido a noite e a guerra, já era de se esperar que encontraria a praia vazia, mas eu estava errada. Deitado a beira mar havia um garoto de cabelos longos e vestes molhadas, como um mendigo. Para estar lá uma hora daquelas só poderia estar bêbado, é claro. - Graecus... - murmurei com desprezo antes de retirar meu arco das costas e arma-lo com uma unica flecha. Atirei contra seu peito sem me dar o trabalho de desmontar do meu pégaso. Aquilo era desnecessário, mas eu me sentiria culpada se mais tarde ele acordasse e ferisse algum romano porque não o matei. Sai dali em seguida, ainda escondida para me infiltrar aos gregos.

obs:
- Interações com Eoin W. Skynnbastian
- 24h para revidar ou morte
- A interação de terceiros será desconsiderada
avatar
Indefinidos

Idade : 19
Mensagens : 66

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote:
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Brooke Lefevre Bradshaw em Ter 25 Mar 2014 - 22:33

Havia acordado bem disposta, e a manhã ensolarada e extremamente agradável era algo que ajudava muito a manter qualquer bom humor. Para minha surpresa todos os Campistas do meu chalé já haviam saído para suas tarefas matinais, então tratei de escancarar as janelas rosadas para deixar que os raios de sol entrassem na casa, assim como um pouco de ar fresco e uma nova vida. Pequenas arrumações pelo Chalé e eu já me sentia satisfeita o suficiente para seguir meu dia, tratei de ir para o banheiro, trocando de roupa e fazendo todo o ritual da manhã. Quando finalmente cheguei à mesa de Afrodite para o café da manhã, minhas roupas recém vestidas já começavam a grudar no corpo e me incomodar de maneira muito peculiar.  — Pelos Deuses, que calor. — Murmurei sem realmente me importar com os ouvintes, um garoto loiro, uma cabeça mais baixo que eu, respondeu alguma coisa mas estava ocupada demais em me abanar para notá-lo. Apenas alguns minutos depois eu desisti do ambiente abafado que o refeitório proporcionava e me levantei da mesa, em um movimento rápido.

A brisa soprava do mar fazendo com que meus cabelos voassem ao redor do rosto e com que minha roupa grudasse no corpo, pelo menos a camiseta que garantia um bom movimento graças ao tecido leve. Minhas pernas, nuas graças ao short que resolvi vestir, estavam com inúmeros respingos de areia e água salgada, e muitas ondas ainda avançavam sobre os meus pés quando voltavam em direção à praia. Meus tênis estavam nas minhas mãos e eu não ligava mais para a limpeza que meia hora antes me foi tão importante. Saí da faixa de areia molhada e me deitei no tapete que se estendia pela praia, sabendo que haveria areia em todo o meu corpo, mas sem sequer me importar. Apreciei os raios de sol que me banhavam, apesar de fortes, mas mascarados pela brisa fresca do mar, enquanto deixava que meus pensamentos vagassem para o pai que eu havia deixado lá fora, e a vida comum que eu nunca teria.  


{ Posts entre Alexander e Amélia }
avatar
Filhos de Afrodite

Idade : 20
Mensagens : 37

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Pomba
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Alexander Hess Sterblich em Ter 25 Mar 2014 - 23:20

The beach fireworks

O Chalé de Hermes é o pior lugar que eu poderia cair. Ele está lotado até o teto de mestiços e mulatos, lotado da escória do acampamento, os filhos de ninguém. Acho que os filhos de Hermes devem ter vergonha de dormir no chalé dos sem-pai. Todos os dias a escória acordava cedo e gritava, a plenos pulmões, e corria, batia os pés no chão e ficava feliz por sua insignificante existência de merda. E me acordavam no mesmo horário, sem o menor respeito pelo sono de um ser superior. Depois de acordado, a luz do sol me impedia de voltar a dormir, entrando pelas janelas, iluminando-me, provocando-me. Maldito Apolo.

Saio da cama, me visto e saio do chalé.

O dia estava quente. Absurda e irritantemente quente. Era possível sentir o calor a cada baforada de de ar ainda mais absurda e irritantemente quente, que parecia vir de todos os lugares. E o sol brilhava por todo o acampamento, refletindo em qualquer coisa, bem em direção ao meus olhos, independente de pra onde você olhava. Minhas mãos apertavam uma garrafa de vinho e meu maço de cigarros, e meus pés me guiavam em direção a praia. O sol brilhava lá pior do que em todos os lugares no acampamento, e a areia quente queimava a sola dos meus pés e entrava entre meus dedos. Eu não olhava pra baixo, e não vi o corpo deitado no chão da praia, protegido da areia por um tapete, apenas o senti quando tropecei nele, caindo por cima da pessoa e do tapete.
avatar
Indefinidos

Mensagens : 3

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Brooke Lefevre Bradshaw em Sex 28 Mar 2014 - 17:38

Meus olhos permaneciam fechados, e meu braço apoiado sobre o meu rosto de maneira a protegê-los. O calor era forte eu sentia minha pele esquentar e formigar sob o sol, mas ao mesmo tempo sentia a reconfortante brisa que soprava, refrescando meu corpo em momentos extremamente aleatórios. Sentia que podia dormir ali, aproveitando a tranquilidade e a paz, o silêncio quebrado apenas pelo ritmo do mar quando batia na praia, em ondas suaves na maioria das vezes. Era bom estar longe dos demais campistas, longe do barulho, longe de qualquer pessoa que simplesmente pudesse atrapalhar o meu momento de paz. Mas eu estava muito enganada, apesar do tamanho extremamente grande da praia, a enorme faixa de areia, a quantidade absurda de metros quadrados onde uma pessoa pudesse pisar. Apesar de tudo isso alguém caiu em cima de mim. O grito foi involuntário, primeiro senti o pé acertando minhas costelas quando não teve êxito em me transpor, como resultado um corpo absolutamente pesado caiu sobre o meu tronco. — SAI DE CIMA DE MIM! — Meus gritos eram um pouco afetados pelo peso, uma vez que criava certa dificuldade em inflar os pulmões, apesar de inúmeras tentativas. Minha mão livre, aquela que outrora estava cobrindo meus olhos, agora estava empurrando a lateral do corpo, que por sinal era a única coisa que eu conseguia enxergar. Falando em enxergar, minha visão estava caótica, já que abri os olhos diretamente para o sol quando ele caiu. — Sai logo antes que eu perca todo o meu ar —  Esbravejei, dando algumas pancadas com a mão fechada em punho — E a minha paciência — As últimas palavras mais pareceram um sussurro, mas o que quer que tenha impedido que ele se levantasse prontamente, permitiu que ele saísse agora, se ajoelhando ao meu lado.

Puxei grandes quantidades de ar, sabendo que parte daquilo era dado pelo nervosismo que o momento me causou, eu normalmente tinha facilidade para me controlar. Notei uma grande mancha na lateral da minha camiseta, a mesma cor se estendia por um trecho de areia ao meu lado. Quando me virei para o "corpo" ajoelhado do meu outro lado notei que ele tinha uma garrafa de vinho em uma das mãos. — Então é isso ai que veio parar aqui — Disse apontando para a minha blusa, melada e colada no corpo no lugar onde o vinho caiu. Não pude deixar de notar sua aparência desleixada, suas roupas rasgadas e seu ar de indiferença, era visível que as roupas foram rasgadas por uma questão de estilo e não pelo tempo. Mas isso realmente foi só um detalhe, eu não cobrava do mundo estilo ou tendência a alta costura, o que realmente me chamou a atenção foi a explosão de tatuagens que se espalhavam pela pele dele, em todos os espaços visíveis. Fechei as mãos em punhos, lacrando a vontade súbita que eu tive de passar o indicador pelo contorno dos desenhos de seus braços. Tentei manter meu ar despreocupado, e voltei a fitar os olhos escuros do corpo que me esmagou. — O cara do vinho vai ficar ai me olhando ou vai falar alguma coisa? — Ergui uma sobrancelha, mudando de posição e sentando sobre os calcanhares. — Um pedido de desculpas cairia bem. —
avatar
Filhos de Afrodite

Idade : 20
Mensagens : 37

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Pomba
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Enzo Wittels. Brückner em Ter 8 Abr 2014 - 8:32


Aparentemente Camille é como todas as meninas de sua idade, amiga, sonhadora, divertida e irracional. Mas esconde sua bipolaridade para não interferir nas amizades que ela acabara de conseguir no seu novo lar, o acampamento meio sangue. Poucos por assim dizer, bem como poucos sabiam de seus ataques bipolares, na verdade apenas Clarie, a filha de Atena, havia presenciado um de seus ataques. Camille tentava manter ao máximo sua postura de extrovertida na frente dos outros, mas sua doçura era posta de lado quando julgava estar sendo alvo de alguma injustiça, seja qual for, até mesmo algumas vezes que brigara com um de seus irmãos na fila do refeitório, algo talvez bobo, mas fez a menina explodir. Manter o sorriso nos lábios mesmo com o ar misterioso era algo difícil porem não impossível para a pequena menina de cabelos castanhos que por hora passeava na praia, brincando com seus pés na areia. Talvez ser filha de um deus fosse algo bom e fantasioso para muitos que não tinham raízes do tipo, mas para nós semideuses era uma coisa terrível, ficar fugindo de monstros, ter que treinar, sem contar as inúmeras vezes que era declarada uma guerra. A única vantagem, por assim dizer, eram os irmãos e amigos que eram conquistados no percurso, ou então os poderes que definitivamente era o que fazia Camille suspirar. Depois de caminhar por alguns poucos minutos a jovem semideusa fez seu caminho de volta para a vila principal do acampamento, torcendo para que não fosse obrigada a ir treinar.
avatar
Indefinidos

Idade : 20
Mensagens : 5

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Brooke Lefevre Bradshaw em Ter 8 Abr 2014 - 22:39

*saio de la*
avatar
Filhos de Afrodite

Idade : 20
Mensagens : 37

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Pomba
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Alexander Hess Sterblich em Qua 9 Abr 2014 - 21:59

*saio de lá*
avatar
Indefinidos

Mensagens : 3

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Katie R. Garfield em Ter 29 Abr 2014 - 13:46






Praia e dia de sol com um ventinho frio..que beleza. Resolvi tirar os sapatos e caminhar até um bom lugar para me deitar na areia mesmo. Fiquei caminhando olhando para as águas límpidas e vendo alguns hipocampos ao longe; também olhei para o chão para admirar as conchinhas que ali haviam.. achei um bom lugar para me sentar, e era um pouco próximo da água e ali me deitei até meu frio passar e voltei para o acampamento. 

avatar
Filhos de Hécate

Idade : 20
Mensagens : 23

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Katie R. Garfield em Ter 29 Abr 2014 - 13:48







Praia e dia de sol com um ventinho frio..que beleza. Resolvi tirar os sapatos e caminhar até um bom lugar para me deitar na areia mesmo. Fiquei caminhando olhando para as águas límpidas e vendo alguns hipocampos ao longe; também olhei para o chão para admirar as conchinhas que ali haviam.. achei um bom lugar para me sentar, e era um pouco próximo da água e ali me deitei até meu frio passar e voltei para o acampamento. 


*que dorga.. saiu errado ;-;*
avatar
Filhos de Hécate

Idade : 20
Mensagens : 23

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Guilherme Longstride em Ter 20 Maio 2014 - 20:56

Ao anoitecer o tempo que ja estava frio ficou mais ainda eu estava no chale com sliter no pescoço tapado com 3 cobertores sliter estava brincado com minhas orelhas enquanto eu jogava em meu psp quando ouvi barulhos que saião da praia o chale estava escuro o foco de lus vinha de meu psp então como eu tinha falado com alguns amigos de fora do acampamento(satiros contrabandistas) ele avião me dado tochas com censores de movimento que ao qualquer movimento se ligavam .
mandei sliter ir pegar minha jaqueta enquanto eu me vestia .
ao terminar de me vestir olhei para sliter que estava coberto pelo jaqueta tentando levantar eu peguei a jaqueta de cima dele a vesti enquanto ele sobia por minha perna com meu colar com o pingente de balança ele se enrolou em meu pescoço e fechou o colar com a boca enquanto eu colocava meu coturno o velho punhal foi colocado em sua bainha e colocado em minha cintura .
eu sai do chale a lua brilhava estava cheia era um noite otima para um banho só que estava frio
atravessei o acampamento ao chegar na praia avistei um hipocampo na costa ele estava na areia a mare o molhava mas ele estava com a nadadeira da frente a esquerda ferida um corte e forma que o atrapalhava ao nadar e agua salgada em um ferimento não era uma coisa boa arde bastante então acordei sliter
-va buscar no chale um pote vermelho com a tampa preta aquela pequeno-com a mão em um de suas cabeças .
ele desceu pela braço da jaqueta e foi rastejando pela areia .
eu cheguei perto do hipocampo que tentou se afastar.
-calma não sou filho de poseidom mas vou lhe ajudar,confie em min - estendendo a mão e dando pequenos paços para frente parei a alguns metros dele com mão esticada .então ele esticou o pescoço e foi com a cabeça de encontro a minha mão então eu o acariciei e fui ate a nadadeira ferida enquanto sliter chegou com o pote maior que sua cabeça em sua boca eu o peguei e o abri apliquei a pomada em sua nadadeira rasguei um pedaço da calça e fis um curativo esperei a pomada faser efeito então 10 segundos depois ele se remexeu e eu retirei o curativo e o ferimento se curou e ele sem serimonia nenhuma voutou ao mar e quando estava quase sumindo no orizonte ele pulou para fora da agua e com um lupin no ar se despediu então olhei para sliter e ele estava com a boca cheia de gravetos então quase que li seus pensamentos agrupei os gravetos acendi um fogueira dormi na areia
avatar
Filhos de Nêmesis

Idade : 18
Mensagens : 11

Ficha Campista/Divina
Level: 4
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Christina R. Lockhart em Seg 21 Jul 2014 - 21:04

Os dias se arrastavam lentamente desde o dia em que voltei ao Acampamento Meio-Sangue após uma curta temporada de merecidas férias, embora nem tão bem aproveitadas, já que os frequentes ataques de monstros me lembravam de que o mundo fora do acampamento não era o meu lugar. Por incrível que pareça, as coisas andavam entediantemente monótonas no Acampamento, já que nada de emocionante acontecia desde o dia em que alguns filhos de Hermes explodiram a cozinha há algumas semanas atrás. Eu por outro lado tentava ocupar o meu tempo com coisas úteis, como mandar em meus irmãos e ensinar os campistas mais novos a duelar, o que era sempre uma comédia pelo fato das espadas serem maiores do que as crianças, que me conheciam como "tia Chris".

Passava das quatro da tarde quando decretei o fim do treino aquele dia, já que aqueles baixinhos tinham energia o suficiente para me deixar tão exausta quanto eles. Pedi para que guardassem as armas e voltassem para seus chalés, enquanto ainda me decidia o que faria a seguir. - Descansem e treinem bastante sozinhos - disse enquanto secava a testa úmida de suor - Vejo vocês semana que vem - me despedi. Em seguida estralei as costas e alonguei os braços, antes de pegar minha espada no chão. "É, eu to ficando velha" murmurei pra mim mesma rindo e segui em direção a praia, afim de matar o tempo vago descansando. Caminhei até a praia de fogos de artifícios e me sentei na areia, observando o mar e sentindo a brisa.
avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Chaz W. Moriarty em Ter 22 Jul 2014 - 0:38




Eu sabia que antes de me reintegrar a vida do acampamento, com seus treinos e missões, precisava resolver questões mais importantes que tinha deixado em aberto. Por isso, após passar no chalé pra tomar uma ducha fria e na loja de penhores pra comprar um presente de reconciliação, fui atrás da minha namorada. Pelo menos eu esperava que ela ainda tivesse esse título mesmo depois te eu ter desaparecido por tanto tempo. Pensando bem, eu devia ter comprado algo melhor... Um daqueles brincos de revista ou até mesmo uma arma. Mas as lojas do acampamento deixam a desejar e meus baixos recursos financeiros não seriam suficientes pra encomendar algo dos filhos de Hermes.

Procurei no chalé dos filhos de Dionísio e nada, só me alertaram que ela poderia estar dando aulas pros campistas mais novos. Então fui até a Arena, chamando a atenção dos filhos de Ares que treinavam por carregar um enorme urso de pelúcia - com certeza sofreria bullying por isso depois -, e nada novamente. A sorte foi encontrar uma das crianças que ela orienta pra me dizer onde ela estava. Por que não atravessar o acampamento inteiro com um urso de pelúcia debaixo do braço que solta frases de incentivo toda vez que você o aperta sem querer contra o corpo? Quase matei uma filha de Apolo de susto quando o bicho gritou "Não desista de brilhar, um dia você passa da primeira fase do Ídolos".

Mas quando finalmente cheguei na praia e vi aquela cena linda da tarde caindo, as ondas quebrando na areia e Chris sentada logo ali... Valeu a pena todo o sufoco. Fui devagar até onde ela estava pra não assustá-la e reprimi meu desejo de beijar o rosto que a tanto eu só via em sonhos. - Ei, posso me sentar aqui? - perguntei já me sentando ao seu lado. - Trouxe isso pra você, sei que você merece algo melhor, vou tentar melhorar nos próximos presentes... - tagarelei já que ela ainda estava calada e entreguei o urso marrom com o coração roxo na barriga. Não sabia como falar as coisas que realmente importavam e tão menos jogar conversa fora, então só observei sua expressão pra tentar descobrir o quão brava comigo ela estaria.
 

avatar
Filhos de Poseidon

Mensagens : 113

Ficha Campista/Divina
Level: 34
Mascote: Hipocampo
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Christina R. Lockhart em Ter 22 Jul 2014 - 18:41

Uma das coisas mais curiosas sobre mim sempre foi as diferentes formas com que eu lidava e reagia com situações de surpresa. Por exemplo, se alguém tentasse me assustar e eu estivesse com alguma coisa letal na mão, acidentalmente a pessoa sairia morta. Se me fizessem uma surpresa, eu ficaria brava por ser a última a saber. Mas eu não estava preparada para o "retorno triunfal" de Chaz ali, na praia, com um grande urso de pelúcia nos braços. Muita coisa se passou pela minha cabeça: milhares de coisas para perguntar, milhares de coisas para falar, sem contar na indecisão sobre se deveria abraça-lo, beija-lo ou lhe dar uns tapas na cara primeiro, então por um momento eu apenas encarei enquanto o ouvia falar. É claro, durante o tempo em que esteve fora imaginei mil vezes um possível reencontro, mas minha mente era mais criativa do que a realidade, e por isso envolvia explosões, uma corrida finalizada com um abraço na frente ao mar, e pelo menos 500% a mais de drama.

- Seu filho da mãe! Você tá vivo! - disse por fim antes de me jogar em um abraço apertado, o que acabou sendo um abraço triplo contando com o urso em seus braços. O meu conflito interno de emoções continuava, mas havia tomado a decisão certa em abraça-lo, porque naquele abraço pude ter certeza de que meu namorado desaparecido estava ali em carne e osso, pude sentir seu cheiro de maresia que tanto sentia falta, e pude matar uma parte pequena da saudades que sentia. Admito que esse momento foi um pouco piegas demais até pra mim, porque tive que reprimir uma lágrima boba. Ahh, não! Charles Moriarty não me faria pagar esse papel de menininha assim tão fácil, o que depois de longos segundos de um reconfortante abraço me lembrou que eu estava irritada. - Você tá vivo... - o soltei brevemente - E ONDE É. QUE VOCÊ. ESTAVA?! - gritei estapeando seus braços, cujos músculos pareciam bem mais definidos desde a última vez que o vira. Tentei manter a expressão dura enquanto esperava respostas, mas nunca fui boa no jogo de encarar sem rir. Antes que pudesse me impedir, já estava em seus braços de novo, o surpreendendo com um longo beijo. - Eu fico com o urso - disse tomando-o de seus braços, novamente forçando uma expressão dura e irritada após separar nossos lábios - Mas não pense que ele vai resolver as coisas assim. Onde é que você estava?! - perguntei novamente enquanto abraçava o urso, que aliás foi um presente lindo pelo gesto, embora não precisasse gastar as suas economias comigo.
avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Chaz W. Moriarty em Qua 23 Jul 2014 - 11:12




Fui surpreendido quando ela me abraçou, aparando o baque do corpo dela contra o meu pra não cairmos na areia, e ri. Tendo ela em meus braços mais uma vez, consegui soltar o ar que estava prendendo com alívio. Mas antes que eu pudesse dizer o quanto estava feliz por a encontrar, Chris começou a me bater - e não era de leve, eram socos doídos mesmo. Ergui os braços pra me proteger e quando finalmente ela parou, a encarei com uma expressão transtornada. Não sei se foi minha cara confusa ou a dificuldade dela de se manter séria, mas ela acabou por cair na gargalhada me tranquilizando mais uma vez.


 Resgatei Boo que havia caído na areia com toda a confusão só pra que ela tomasse de mim e me beijasse em seguida - finalmente uma reação agradável. Correspondi, segurando sua nuca e fazendo com que aquele momento durasse o máximo possível. - Também senti saudades... - disse em tom provocador, mas emendei minha fala antes que ela se irritasse. - É uma longa história e eu também não entendi muita coisa... Mas resumindo, fui parar no Acampamento Júpiter, perdi minha memória e fugi de lá pra minha casa em San Diego antes que me matassem. - falei me recordando de como eu sempre seria grato ao meu irmão romano Sam pela ajuda. - Mas deixa isso pra outra hora, o que você precisa saber é que eu voltei assim que minha memória também voltou por completo e que mesmo com amnésia, seu rosto era minha única lembrança daqui. - Sorri, passando o braço por cima de seu ombro e beijando seu rosto.
- E você? O que fez no tempo que eu estava fora? Pelos seus tapas deve ter treinado bastante porque ta mais forte! - disse rindo.


avatar
Filhos de Poseidon

Mensagens : 113

Ficha Campista/Divina
Level: 34
Mascote: Hipocampo
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Christina R. Lockhart em Qua 23 Jul 2014 - 20:34

Ouvi atentamente as palavras de Chaz enquanto observava seu rosto mais atentamente ainda, a procura de qualquer brecha ou risinho bobo que denunciasse uma mentira. Não que Chaz fosse de mentir, mas era difícil acreditar que alguém pudesse acordar num acampamento romano sem memória, de uma hora pra outra. - Quíron disse que tinha sido enviado para uma missão importante - estreitei os olhos. É, mais tarde eu teria uma conversa sobre isso com o centauro. - E como dizem, depois de algumas semanas que alguém sai em missão, você espera a volta de um herói. Depois de meses, espera um corpo - fiz uma careta, tentando afastar aqueles pensamentos - Mas eu me recusava a acreditar. Sabia que você apareceria uma hora ou outra - sorri - Mas depois quero detalhes dessa história, ok? - voltei a ficar séria por um segundo para assusta-lo. Chaz concordou com a cabeça e eu voltei a sorrir. Minhas emoções estavam confusas. Ele tinha esse poder sobre mim.

Não pude deixar de sorrir quando Chaz disse que a única coisa da qual se lembrava era meu rosto. - Você pelo menos se lembrava quem eu era? - perguntei com curiosidade, antes de me aproximar mais e me aconchegar em seu ombro, com seu braço ao meu redor. - Fiquei no meu chalé comendo potes de sorvete enquanto ouvia Adele, entre outras músicas tristes - respondi bem humorada quando Chaz me perguntou o que eu havia feito, o que lhe arrancou uma gargalhada. Aproveitei e ri junto para que aquilo não parecesse verdade. - Bom, depois que você sumiu, digamos que eu fiquei bem tensa e me aconselharam tirar "férias". Fiz uma breve visita a minha mãe, mas não foi uma boa ideia. Nunca nos demos muito bem, e isso não mudou - comecei a tagarelar - Então fiz uma visita à casa da sua irmã, Kristen, e passei o fim das férias lá. Achei que você já estaria aqui quando eu voltasse, mas... - fiz uma careta e deixei a frase morrer ali. - Senti sua falta. Muito  - disse observando sua expressão.
avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Chaz W. Moriarty em Qui 24 Jul 2014 - 18:27




Afaguei os ombros dela quando ouvi sobre seu otimismo em relação a mim e concordei em contar mais sobre o ocorrido depois, desde que o assunto ficasse entre nós. - E não, eu não lembrava quem você era, só sabia que era importante. - disse encerrando o assunto. Ela então continuou me contando sobre suas experiências e suas férias, eu escutava atentamente prestando atenção na suas expressões enquanto falava. - Eu sei. - disse convencido após ela afirmar que sentiu minha falta depois ri e a puxei pra mais um beijo. - Prometo não sumir mais, ficar longe de você não faz bem pra saúde. - falei dramaticamente, colocando a mão no peito esquerdo como alguém que está quase infartando. - Mas enfim, deve ter sido horrível passar as férias com a Kristen, ela é meio pinel. Nas próximas férias levo você pra San Diego... - continuei falando enquanto tirava meus braços dela pra deitar na areia, apoiando o corpo com os antebraços. Seria interessante apresentar Chris pros velhos conhecidos, ela com certeza os cativaria. 


avatar
Filhos de Poseidon

Mensagens : 113

Ficha Campista/Divina
Level: 34
Mascote: Hipocampo
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por David Crash em Qui 24 Jul 2014 - 19:17

Katie, Peleus, Pinheiros à parte...
 Ψ David Crash is son of Poseidon Ψ


Eu havia acabado de vir do pinheiro quando cheguei ao refeitório. Sentei na mesa de Poseidon, junto com meus irmãos, mas havia chegado atrasado. Quíron passou por mim me dando um olhar não muito legal, mas logo se afastou. Jantei realmente rápido. Joguei minha pequena porção de comida agradecendo ao meu pai e comi, terminando poucos minutos após. Dei uma passada rápida no chalé e tomei uma ducha fria, apenas para despertar. Logo ficaria tarde, mas mesmo assim eu havia marcado de ir para a Praia dos Fogos de Artifício junto com Katie. Desta vez vesti uma bermuda de cor preta, e me agasalhei com um casaco branco por cima. Eu devia estar parecendo uma zebra, mas não liguei nada, e fui logo andando até a praia.


A praia era realmente grande, e vários casais escolhiam este lugar para namorar.  Eu decidi sentar em qualquer lugar na areia e esperar por Kat, ao invés de andar pela praia procurando-a. Isso podia fazer com que eu segurasse vela para os outros casais e isso realmente seria constrangedor. Fiquei em silêncio olhando para o mar, enquanto esperava Kat chegar.

Off:
A Chris disse que não tinha problema interagir aqui porque a praia é grande, então fiquemos cada um no seu quadrado pra não atrapalhar a interação u.u
Chaz e Christina ~ David e Katie



avatar
Indefinidos

Idade : 21
Mensagens : 26

Ficha Campista/Divina
Level: 7
Mascote: Leokampo
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Christina R. Lockhart em Qui 24 Jul 2014 - 22:59

- Faz mal a saúde? - perguntei rindo após beija-lo, estreitando os olhos - O que houve? Algum monstro machucou você e eu não estava lá pra salvá-lo? - brinquei enquanto conferia se havia algum machucado visível em seu rosto, antes de beija-lo. - Pelo visto não fui a única que andei treinando - comentei antes de apertar seu braço com curiosidade. É claro, eu era uma excelente observadora de detalhes - O que mais eu perdi?. Era bonitinha a forma com que Chaz dizia que de alguma forma o meu rosto era importante. Fiquei imaginando se aquela lembrança o manteve longe de encrenca - ou de garotas. - As férias coma Kristen não foram tão ruins, muito pelo contrário. Mas adoraria conhecer sua avó. Aliás, como ela está? - perguntei antes de resgatar o grande urso de pelúcia, que no meia das conversas, havia sido esquecido na areia. - E qual foi a do urso? Achou que eu estaria muito zangada com você ou algo assim? - ri observando o bichinho, tomando cuidado para não aperta-lo. Sabe-se lá o que ele diria. - Eu adorei, mas não precisava ter gastado comigo. Há outras formas de compensar meses de de desaparecimento, como por exemplo... Eu não sei. Reaparecendo talvez - fiz uma careta dando de ombros, antes de rir e me deitar ao seu lado, observando o céu escurecer.

avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Katie R. Garfield em Sex 25 Jul 2014 - 15:28


 Eu e David na Praia dos 'Fireworks'

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Assim que cheguei ao pavilhão, fui rapidamente me sentar na mesa das feiticeiras de Hécate; como eu não estava com muita fome peguei uma pequena porção de comida e fui comendo de modo rápido pois eu tinha que chegar primeiro no chalé que minhas 'irmãs' para poder ter o banheiro livre para no mínimo eu conseguir tomar um agradável banho. E foi isso o que eu fiz ao chegar ao chalé 20; tomei um banho rápido e agradável com uma água morna - pois eu estava sentindo um pouco de frio - e depois vesti uma outra calça preta que eu tinha - e esta possuía uns cortes na frente que deixavam pedaços das minhas pernas a mostra; vinham desde meus joelhos até minha coxa - uma baby-look soltinha azul fraco com 'Meow' escrito em preto na frente, coloquei meu casaquinho preto por cima,calcei meu all Star preto e soltei meu cabelos ruivos; assim que vi que não estava exagerada ou coisa do tipo fui até a praia.

Ao chegar na Praia percebi que a noite já estava quase completa, a lua já estava quase no alto do céu e as estrelas já estavam aparecendo e eu sabia que aquela seria uma noite linda. Comecei a andar pela praia até ver David sentado na areia olhando o mar e me lembrei novamente que ele era filho de Poseidon; fui andando a direção dele por atrás, e assim que cheguei bem perto dele, me abaixei e falei perto de seu ouvido: - Bú ..- e me sentei ao lado dele rindo.

--------------------------------------------------------------------------------------------------
avatar
Filhos de Hécate

Idade : 20
Mensagens : 23

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Chaz W. Moriarty em Sex 25 Jul 2014 - 17:20




Revirei os olhos ao escutá-la dizer que eu precisaria dela pra me salvar de algum monstro, claro que isso não seria necessário, mas ela adora ressaltar que é mais experiente. Ela retomou o assunto treino e eu dei de ombros em concordância. - Eles são bem mais exigentes que nós nos treinamentos, é impressionante. Passei um tempo com um filho de Marte, você nem imagina o tanto que precisei me exercitar... - respondi cansado só de falar. - Quanto à minha avó... ta bem até demais. Arranjou um namorado, dá pra acreditar? Isso minha memória não apaga! - disse fazendo careta. Eu achando que a velha mal vivia sem mim e lá estava ela com um garanhão da terceira idade.

Puxei Chris pra que apoiasse a cabeça no meu tórax em vez de sujar seu cabelo na areia e afaguei seu braço. - Achei que você tivesse me esquecido. - disse em resposta a sua pergunta, mas percebi que a escolha lexical não foi das melhores e tentei concertar. - Depois de tanto tempo pensei que sua fila já tivesse andado, então talvez uma pelúcia otimista me ajudasse a te reconquistar. - disse envergonhado, rindo sem graça. - Mas não se preocupe que eu tenho várias outras formas de te recompensar. - continuei antes de elevar seu queixo e a beijar com calma. A maré estava subindo e logo teríamos que nos levantar, por isso aproveitei enquanto as ondas estavam distantes pra aproveitar o momento.

avatar
Filhos de Poseidon

Mensagens : 113

Ficha Campista/Divina
Level: 34
Mascote: Hipocampo
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Christina R. Lockhart em Sex 25 Jul 2014 - 23:55

Uma careta involuntária se formou no meu rosto ao ouvir Chaz dizendo que acreditava que "a fila tinha andado". Tá bom que se passaram meses, mas não foi tanto tempo assim. Alem do mais, eu ainda acreditava que ele estivesse vivo em algum lugar, e que voltaria entre explosões, trazendo uma cabeça de monstro consigo como prêmio de batalhas. É, não foi bem assim, mas o importante é que ele estava ali e era a primeira vez em que eu me sentia realmente feliz em meses. - Adoraria ve-lo tentando me reconquistar - provoquei - Mas que bom que você estava errado - sorri, apertando mais meus braços ao redor do seu corpo. Era ótima a sensação de abracá-lo novamente após tanto tempo. Era como se finalmente me sentisse segura novamente. Correspondi seu beijo sem protestar, enquanto meus dedos brincavam com seus cabelos. - Qualquer coisa? - sorri maliciosa, após ouvi-lo dizer que tinha várias outras formas de me recompensar. - Sempre tive vontade de passar a noite acordada fazendo loucuras pelo Acampamento. Arrombar a cozinha, pegar o que tiver de bom, fugir das harpias... De novo - eu ri - Nadar até congelar, de depois ver o sol nascer... Seria legal fazer esse tipo de coisa com você - sorri encarando o vazio imaginando, antes de acordar de meus devaneios e voltar a encarar meu namorado, que parecia intrigado. - Por favorrrrrr? - fiz biquinho, em modo de chantagem emocional - Mas suas ideias também são bem vindas, é claro - sorri.
avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Chaz W. Moriarty em Sab 26 Jul 2014 - 9:32




Escutei as ideias de Chris sem esboçar reação. Era tão a cara dela que me deu vontade de rir, mas me controlei e mantive a expressão séria. Quando perguntei se ela tinha certeza que queria fazer isso, afinal as consequências mais graves caso fossemos descobertos cairiam sobre ela que é conselheira - uma bem indisciplinada, aliás-, ela só respondeu com um "por favorrrrrrr" tão engraçado que desfez minha postura séria. - Tudo bem, vamos fazer um lanche então. - respondi, segurando o riso frente sua animação. - Você é uma chave de cadeia mesmo... - disse balançando a cabeça negativamente. Tirei a areia da roupa - e do urso - assim que nos levantamos e saí dali junto com Chris rumo à cozinha do acampamento.

avatar
Filhos de Poseidon

Mensagens : 113

Ficha Campista/Divina
Level: 34
Mascote: Hipocampo
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Praia dos Fogos de Artifício

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Aliados e ParceirosCréditos e Copyright©
:: Topsites Zonkos - [Zks] :: Wild Scream RPG RPG Hogwarts Todos os direitos reservados a Monte Olimpus RPG® 2011-2016