Lago de Canoagem

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lago de Canoagem

Mensagem por Convidado em Qui 21 Nov 2013 - 21:14


And everything needs a start

Eu estava muito entediado e nada melhor do quer remar para matar o tédio, por isso, coloquei um short um pouco folgado preto e uma regata branca, que deixava minhas contas de argila bem evidentes, tinha exatas sete delas e se tudo desse certo, teria mais. Para completar meu visual, usava óculos escuros, mais por ter uma certa fotossensibilidade - traduzindo: a luz afeta meus olhos - que por questões estéticas, e eu devo admitir que amava ficar ao ar livre, ao invés de me prender em casa. Eu sei, estava escuro, mas ainda assim, as luzes me incandesciam, por isso os óculos. Em meu caminho até o lago de canoagem, eu podia jurar que tinha algumas garotas me comendo com os olhos, desculpa, mas ser um filho de Dionísio gostoso afetava as moças.

Assim que cheguei ao lago, fui procurar uma canoa livre, óbvio, e tirei a minha regata, estava sozinho ali, então, podia ficar sem camisa, ao menos era assim que eu pensava. Meus tênis me protegiam de qualquer picada de bichos escondidos na grama, enquanto eu caçava a minha canoa, com a blusa jogada sobre o ombro. Sorri ao encontrar a escolhida e verifiquei os remos da mesma, que estavam lá. Tirei meus tênis e coloquei-os dentro da canoa, ao oposto da maioria dos garotos, meus tênis não fediam, por isso me arriscava em tirá-los sem soltar um projeto da bomba atômica no ar e matar umas tantas pessoas. Deixei meus pés se acostumarem com a temperatura da água e suspirei, enquanto me alongava. E nisso, quase que minha blusa caiu na água, segurei a mesma, quando ela estava a alguns centímetros de se molhar.
 
Template por: Cold Jansen;
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Samantha Pein Morrense em Sex 22 Nov 2013 - 19:27

Say Hello to the beautiful boy ♥



Novamente, esse acampamento estava entediante. Alguns pareciam gatinhos assustados por causa do último "ataque" na festa do bosque. Por sorte, eu não fui. Na verdade, tive um pressentimento ruim e simplesmente não fui. Talvez não tenha só por isso, mas estava parado e isso me irritava. Por que diabos eu tinha que ficar parada? O acampamento havia parado, mas eu não. "Falar" é legal, mas agir que é bom... Talvez por esse motivo, eu continuasse deitada na cama, pensando no que fazer. Na verdade, necessitava de treino, mas a vontade não era muita. Resultado: Lago de Canoagem.

Caminhei até o lago lentamente, observando as pessoas ao redor. Apesar de ser realmente bonita, as pessoas não paravam muito para me olhar, quer dizer, filhas de Atena não são as que mais chamam atenção. Acelerei o passo e logo estava no lago. Na verdade, muito bem acompanhada. Certo, eu não tinha levado ninguém, mas lá estava um garoto pra lá de gostoso, segurando a blusa um pouco acima do lago. - Pelo menos sabe nadar? Precisa de ajuda? - Perguntei rindo enquanto me encaminhava para a beira do lago. O garoto olhou ficou me encarando e eu juro que me perguntei se tinha algo estranho com minha roupa. Quer dizer, um short, all star e blusa do acampamento são algo considerado normal, certo?

Tags: Cold / Wearing: Short, Blusa do Camp e All Star / Notes: Tédio *-*
Anne ops


avatar
Indefinidos

Idade : 20
Mensagens : 5

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Ovo [Indefinido]
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Convidado em Sex 22 Nov 2013 - 19:53


And everything needs a start

Estava quase que comemorando o fato de não ter molhado a minha camisa, quando ouvi um barulho atrás de mim e vi uma garota parada atrás de mim, contive a vontade de dar um pulo para trás e mandar ela recuar, dizendo que eu era um filho de Poseidon e ia afogá-la se ela tentasse algo, mas o olhar dela parecia puramente analítico, daquele jeito que diz "você é um objeto de estudo", e aquilo me incomodou. Obviamente que ela era bonita e olhar para ela não era trabalho algum para mim, porém ainda me perguntava o que ela fazia por ali, aquela hora da noite, mas me contive. Tirei os óculos e respirei fundo, tentei colocar o óculos na gola da camisa e só então me lembrei que estavam sem ela e aquilo me constrangeu. – Sei sim... E bom... Se quiser me ajudar, tudo bem. Falei meio sem jeito e botei a regata, pendurando o óculos na mesma.

– Desculpa estar meio... Nu quando você chegou, eu não esperava mais ninguém aqui, sabe? Comecei a me explicar, sem nem ao certo entender os motivos para fazer isso, mas eu necessitava passar uma boa imagem para ela, se é que isso era possível, sendo eu um legítimo filho de Dionísio. Só não curtia os papos de orgias, porque, venhamos e convenhamos, eu não levava jeito para aquela brincadeira de homem com homem, que geralmente rolavam nas orgias. Desviei meus pensamentos, ao notar que a encarava em um silêncio absurdo. – Então, eu sou Cold, filho de Dionísio. Me apresentei e estendi a mão para ela, me apresentando, com um pequeno sorriso no rosto - do tipo que eu sempre dava quando me apresentava, um meio maroto e meio receptivo, coisa básica de um festeiro nato. Depois de um tempinho conversando, saio andando com ela dali.
 
Template por: Cold Jansen;
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Christina R. Lockhart em Qua 27 Nov 2013 - 21:54

we lost a soldier, so let's party

Fazia uma semana desde o fim da Semana Diplomática, cuja acabara com uma Festa no Bosque, a qual contou com a presença do Titã Hiperíon. A festa foi um estouro, literalmente. A festa flopou na verdade, não só porque não fui eu quem organizei, mas também porque eu não estava em clima para festejar, por incrível que pareça. Conclusão: Houve um ataque, todos sobreviveram, exceto um filho de Hades, Guilherme.

Bom, eu não o conhecia bem - ao contrário de minha irmã Cassidy, que o conhecia até bem demais -, mas estava lá na queima de sua mortalha para representar o luto do chalé 12. Pouco sabia sobre o garoto: Ele era filho de Hades - ah vá -, não era muito social (fora com a Cassidy) - ah vá² -, e muita gente não gostava dele. Eu não tinha motivos pra aquilo, mas sempre tivera o desejo de dançar strep tease na mortalha de alguém cujo qual eu odiasse, desde que fiz isso sobre a mortalha de minha irmã Sephira, que fora morta por Cronos na Enfermaria - bons tempos. Eu não havia motivos pra dançar sobre a mortalha de Guilherme - infelizmente -, então não o faria.

Além de mim, havia alguns outros campistas e outras garotas que eu conhecia, que estavam lá para prestar sua ultima homenagem ao garoto - ou só pra matar tédio, como eu. Ninguém havia chorado - até pelo menos o momento -, e aquela situação estava começando a ficar bizarra por isso, porque um velório onde ninguém chora é no mínimo constrangedor. Cruzei os braços sobre o casaco preto que vestia junto com a calça jeans. Fora a única peça preta que encontrara em meu guarda roupa, e infelizmente, no dia em questão fazia sol. Suspirei, me perguntando quando aquilo iria acabar. Ao meu redor, os demais campistas pareciam seperguntar o mesmo, então, nada me restava a fazer a não ser puxar o bonde. Suspirei de braços cruzados. - Alguém aqui quer dizer algumas palavras? - perguntei numa tentativa de agilizar a situação.
avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Angelique F. Bittencourt em Qua 27 Nov 2013 - 22:46




Eu realmente não curtia muito o Guilherme, mas ele era meu amigo e o minimo que deveria fazer era não rir no velório dele. Infelizmente estava sendo difícil. Estava quente, um sol queimando a gente - Apolo deveria estar curtindo com nossa cara - e todos em silêncio e sem nem ao menos fingir tristeza, al contrário, estava tão tedioso que alguém ainda iria cair ali. A Chris finalmente quebrou o gelo, e dei graças aos Deuses em silêncio por aquilo, só havia um sobretudo e uma bota preta em meu guarda-roupas.
— Só gostaria de dizer que eu sinto muito pela morte do Guilherme. - olhei em volta e continuei baixinho - Já podemos ir?
Alguns que me ouviram me olharam como se fosse idiota. Sim, eu estava mais idiota com aquele calor me deixando cansada. Peguei uma pequena rosa que havia achado no caminho para o velório. A joguei em cima da mortalha e esperei que mais alguém comentasse alguma coisa logo para que pudessemos ir embora.


avatar
Filhos de Hécate

Mensagens : 268

Ficha Campista/Divina
Level: 17
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Christina R. Lockhart em Sex 29 Nov 2013 - 14:45

Saio dali porque esse velório estava tão animado que acabei dormindo em pé
avatar
Filhos de Dionisio

Idade : 23
Mensagens : 183

Ficha Campista/Divina
Level: 43
Mascote: Tigre Mecânico
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Angelique F. Bittencourt em Dom 1 Dez 2013 - 10:30

Sai antes que derretesse.
avatar
Filhos de Hécate

Mensagens : 268

Ficha Campista/Divina
Level: 17
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Harmonia C. G. Fittipaldi em Dom 8 Dez 2013 - 20:17


if i could be your supergirl...?
I'd fly you to the stars and back again

Muitos dirão que meus ouvidos foram explodidos ao passar por mim. But who cares? Seriously! Bom, de qualquer forma, eu tomava um caminho para... Para onde mesmo? Sei lá. Tanto faz. Eu só queria descansar um pouco depois de ser reclamada. Digo... As filhas de Afrodite com quem tanto andava ficaram chateadas - choraram pra caralho - ao saberem que eu não era irmã delas mesmo. E quando eu cheguei no chalé, me olharam torto. Mas... Ah. Boa primeira impressão a minha, também. Eu estava toda largada e com sono. E quando fui colocar minhas coisas em uma cama qualquer - que eu não percebi estar ocupada - um garoto quase me empurrou, falando que aquela era a cama da conselheira. Tudo bem, tudo bem. Não entendo mais os semideuses de hoje em dia. Não se podia ter paz.

Meus pés estavam doloridos desde meu último treino. Mas ainda dava pra andar, pelo menos até o lago de canoagem. Não que eu fosse me jogar no lago, mas eu só precisava deitar no cais, sem música, enquanto pudesse ouvir o som da água correndo. E foi basicamente isso.

Assim que eu cheguei no lago, havia algumas canoas presas ao lado do cais, o qual tinha algumas escadas. Aquele lugar não era tão alto, então o som da água - que estava agitada devido à chuva do dia anterior - poderia ser muito bem ouvida. Logo, não me veio nenhuma outra ideia espetacular - como eu sempre tenho - e me deitei, finalmente, na borda do cais. Fechei os olhos, calma, retirando os fones de ouvido e desligando o iPod. Respirei fundo e finalmente pude relaxar. Até ouvir passos - que tardaram um pouco a chegar. — Oilá? — cumprimentei seja lá quem fosse com um dos olhos abertos.
avatar
Filhos de Zeus

Idade : 20
Mensagens : 11

Ficha Campista/Divina
Level: 5
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Davos H. Grümmer em Dom 8 Dez 2013 - 21:04



⊱ O calor infernal. ⊰


Já fazia alguns dias desde que eu havia começado a treinar, depois de voltar para o acampamento minhas intenções foram claras não queria saber de nada além de treinos e de ficar sozinho, era sempre reservado quieto e calado, mesmo que ainda me restem alguns poucos e talvez inexistentes amigos havia aprendido que ninguém vive sozinho na vida, porém também tinha aprendido que as vezes viver sozinho é bom para a segurança daqueles que você costuma prezar. Estava eu, novamente lembrando-me daquele maldito acidente de carro, jamais iria esquecer-me daquele dia, passei a mão por meu cabelo de forma distraída enquanto vestia minha jaqueta de couro preta, caminhando calmamente pelos terrenos do acampamento. O clima estava abafado, estava fazendo um pouco de calor, talvez fosse meu corpo denunciando que estava trabalhando em processo de cura, havia me machucado bastante em meus últimos treinos e depois de sair da enfermaria o lugar onde achei mais conveniente está presente foi ao Lago, já que o calor naquele acampamento estava se apoderando de tudo e todos, não que eu fosse fã da água ou do vento, eu apenas era um ser humano que tinha necessidades assim como todos, respirei fundo e pesadamente enquanto caminhava distraído para o lugar, estava indo em direção ao cais, iria sentar-me no mesmo e pôr as pernas exposta para o mar, porém quando cheguei ao meu destino, havia uma garota deitada no lugar, ergui a sobrancelha com o “oi” vindo da mesma.

Hei. Calor, também? — Proferi as palavras de forma calma enquanto sentava-me próximo a garota, cruzei as pernas a sua frente, apenas observando o lugar, era bonito de ficar olhando e a humidade que havia no mesmo deixava o ambiente mais agradável, o ‘fogo’ está em meu sangue, porém eu não conseguia ficar sentindo calor demais o tempo todo, estava mais do que na hora de tentar pelo menos me ‘sair’ um pouco dos treinos e também da minha escuridão solitária. Havia aprendido alguns poderes novos, tinha que ter cuidado ao falar com alguém, alguns eu ainda não tinha o controle sobre eles, estava feliz por estarmos em um lugar aberto onde não há “sombra”.

avatar
Guardião de Perséfone

Idade : 26
Mensagens : 117

Ficha Campista/Divina
Level: 50
Mascote: Cavalo Carnívoro
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Harmonia C. G. Fittipaldi em Dom 8 Dez 2013 - 21:23


if i could be your supergirl...?
I'd fly you to the stars and back again

Assim que o rapaz já havia se aproximado um pouco, abri ambos os olhos. É. Dava pra ver que era mais velho que eu. Devia ter o que? Vinte anos, talvez? Não, nenhum semideus sobreviveu até essa idade no acampamento. No máximo tem dezoito. Mas o por quê de eu estar reparando naquilo... Eu não sei. Que idiotice a minha, credo. Quanto à pergunta do mais alto, apenas concordei com a cabeça e simplesmente me virei totalmente de lado para ele, apoiando o peso do corpo nas costelas e o rosto, em uma mão. — Não acha que tá passando meio mal com essa jaqueta? Digo.. Tá calor demais e você simplesmente tá inteiro de preto... Você tem mais motivo que eu por estar com calor. — e de fato, tinha. Eu estava apenas de regata e shorts, já que meus tênis estavam em um canto do cais, e a regata que eu trajava era bem solta e... Decotada.

O mais engraçado? Eu estava agindo como se ele fosse um rapaz que já conhecesse a muito tempo. Mas acho que esse era o melhor em mim, dito por uma amiga minha. Eu era espontânea. E sei lá. Ver ele de jaqueta já estava me dando nos nervos. Assim, levantei rápida e fui atrás dele, abaixando seu casaco até os cotovelos. — Desculpa, pra falar comigo tem que tirar uma peça de roupa. Brincadeira. Só tá me dando nos nervos ver você com esse casaco. — e logo me veio a ideia de que ele poderia ser um filho de Quione ou de Hades. Sei lá. Não sei bem diferenciar alguns semideuses meio... "Sombrios" ou sei lá. Quietos demais. De qualquer forma, desisti da ideia de tirar o casaco dele e me deitei novamente na frente do mesmo, agora com as maçãs levemente coradas. Não que eu tivesse vergonha assim tão fácil, leitor, mas é que vai que eu fiz uma burrada e novamente dei uma péssima primeira impressão? Nunca se sabe, vindo de mim. — Foi mal. Agi por impulso. — comentei, virando um pouco o rosto para esconder o mesmo. — De qualquer forma... Sou Harmonia! Filha de Zeus, e você? — me apresentei, com o rosto ainda escondido. Mas ao representar meu pai, sorri largo. Estava amando aquele título.
avatar
Filhos de Zeus

Idade : 20
Mensagens : 11

Ficha Campista/Divina
Level: 5
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Davos H. Grümmer em Dom 8 Dez 2013 - 22:17



⊱ O calor infernal. ⊰


A garota realmente parecia ser bem espontânea e estranha, porém não irei negar que havia ‘gostado’ do jeito dela. Não demonstrou medo perante a mim, não demonstrou nojo e nem nada do tipo, era algo que eu tinha que preservar vindo de qualquer pessoa desse acampamento, alguns tinham medo, outros apenas esnobavam, outros ficavam com olhares desafiadores e outros ficavam puxando saco. Ao julgar-me pelo que sou, as pessoas devem temer, porém devem saber a hora certa para isso, enquanto não me fizerem nada de errado, eu serei um cara antissocial, quieto e extremamente calado em meu canto, apenas fiquei ouvindo a garota falar de forma adoidada e ergui a sobrancelha quando ela falou que o meu problema de calor eram as vestimentas pretas e a jaqueta, logo assustei-me com a jovem vindo ao meu caminho e tentando retirar a mesma, mas algum pensamento, que com certeza eu não sei qual, havia feito com que a menina mudasse de ideia. Apenas a vi voltar-se a deitar meio constrangida ou algo do gênero, ergui a sobrancelha novamente e a olhei enquanto falava seu nome e dizia claramente de quem era filha. — Davos, Hades e Guardião de Perséfone. — Foram essas poucas palavras que descreveram minha identidade não relevada, porém eu percebi que havia agido como sempre, direto e reto.

Respirei extremamente fundo, puxando todo o ar para dentro de meus pulmões e os soltei pesadamente olhando para a jovem Harmonia, devo assumir que a garota era divinamente bela, meu tio soube fazer um trabalho bem feito, mas devo mencionar que além dela havia Sky... A garota que eu suportava e também devo dizer, que era divinamente bela. Afastei aqueles pensamentos de minha cabeça, para evitar o constrangimento maior da garota que tinha suas maçãs coradas, retirei a jaqueta de couro e a coloquei em minhas pernas. — Geralmente o calor não me afeta, porém, hoje está exagerado. — Verdade, talvez a cura estivesse ‘atrasada’ meu organismo estava afetado o suficiente por ter feito esforço físico a noite toda, devido os milhares de treinos feitos em apenas quatro ou cinco dias, havia treinado sem parar, queria ser forte, ser o mais forte de todos... E com isso conquistei também o título de Guardião de Perséfone, o que com toda certeza foi muito gratificante para mim.

avatar
Guardião de Perséfone

Idade : 26
Mensagens : 117

Ficha Campista/Divina
Level: 50
Mascote: Cavalo Carnívoro
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Harmonia C. G. Fittipaldi em Dom 8 Dez 2013 - 22:41


if i could be your supergirl...?
I'd fly you to the stars and back again


Não nego, eu sou realmente muito criança. Quer dizer, eu tenho dezesseis anos, mas meu jeito todo é meio.. Infantil. Apesar de sempre pensar um pouco - mesmo que seja apenas um por cento - antes de agir. Eu gosto de ser meio atirada, do jeito que eu sou. Só algumas vezes que eu fico meio constrangida e isso me faz feliz. Viver sem vergonha dos atos. Afinal, se eu fosse tímida, me limitaria muito. De qualquer forma, esse tipo de momento que passa na minha cabeça, é mais porque eu não gosto que as pessoas me estranhem muito. Ou não gostem de mim logo de cara. Aquilo tudo não importou mais assim que o rapaz se apresentara. — Oh wait, what?! Hades? Você é meu primo? E Guardião de Perséfone? Porque eu sempre sou a desinformada daqui? — tagarelei um pouco, afinal, estava surpresa! Era mais alguém que, tecnicamente, tinha um laço familiar, mesmo que divino. E, pra falar a verdade, a primeira pessoa que conheço um pouco. Ao menos, o nome.

Devido à repentina, porém pequena, agitação, me sentei de frente para Davos e, com os cotovelos nos joelhos, apoiei meu maxilar nos dois punhos, apenas para fitá-lo melhor. Olhos azuis claros. Mas eram meio... Frios. Pensar nisso, tirou um sorrisinho de canto dos meus lábios. — Apolo tá de fogo no rabo, como sempre. — comentou, agora com um sorriso largo nos lábios. E logo, dei uma risada delicada e um pouco infantil.
avatar
Filhos de Zeus

Idade : 20
Mensagens : 11

Ficha Campista/Divina
Level: 5
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Davos H. Grümmer em Dom 8 Dez 2013 - 23:12



⊱ O calor infernal. ⊰


Ela realmente era uma garota agitada, percebi a forma que a mesma ficou assim que tinha dito meu nome e meus parentescos, ergui novamente a sobrancelha e passei a mão pelo cabelo, atrás da cabeça, os bagunçando meio desengonçado com a situação, era raro eu ficar assim perto das pessoas, mas acontecia de vez em quando. — Na verdade, virei Guardião ontem. — Dei de ombros e voltei a pôr minhas mãos para trás do meu corpo deixando-me ser levado por aquela brisa, devo assumir que aquele calor realmente não estava me agradando, ainda me sentia sem força, devido os esforços dos treinos... Porém sempre estaria ativo caso alguém precisasse da minha ajuda, respirei fundo e olhei para os lados vislumbrado aquela paisagem. Ouvi a garota falar de Apolo e sorri com o canto da boca, voltando a olhar novamente para a natureza ao nosso redor, depois de ter virado Guardião meus sentidos naturais estavam mais aguçados, havia ganho habilidades e poderes novos, o que me deixava meio atordoado por não conseguir controlar a todos, ainda. — Harmonia, veio de onde? — Talvez eu não fosse tão chato assim, eu sabia conversar com as pessoas quando eu tinha vontade para isso, o que de fato, raramente era de se acontecer, mas isso não vem necessariamente ao caso, pois já estava começando a me sentir até mesmo a vontade perto da garota tagarela, sou filho de Hades, mas isso não quer dizer que eu seja mal humorado e carrancudo, sou apenas antissocial e quieto, o que faz de mim um ser humano, aparentemente, tímido. Mas só aparentemente mesmo, já que de tímido eu realmente não tinha absolutamente nada.

avatar
Guardião de Perséfone

Idade : 26
Mensagens : 117

Ficha Campista/Divina
Level: 50
Mascote: Cavalo Carnívoro
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Harmonia C. G. Fittipaldi em Seg 9 Dez 2013 - 0:19


if i could be your supergirl...?
I'd fly you to the stars and back again


Meu sorriso se alargou ao ver que ao menos o filho de Hades estava se soltando quanto a nossa conversa. Logo menos eu aparentaria mesmo uma criança se meu cabelo ficasse preso em um par de maria-chiquinhas. Logo, juntei minhas pernas e apenas as abracei, delicadamente, com o queixo apoiado nos joelhos. — Eu? Sou de outro país. Sou da Itália. Só que eu forço pra não fazer sotaque porque é meio esquisito eu falar "banbino" no meio de uma frase, ou "bello" e coisa assim. — comentou, dando uma pequena risada no final. Aquele calor já estava se dissipando aos poucos, conforme a tarde passava e eu já podia sentir meus pelos se arrepiarem um pouco com a brisa. Sensação tão desejada desde que o sol raiara. — E você? Veio de onde? Ah! Aliás, pode me chamar por algum apelido que vier em sua cabeça, Dav. — comentei enquanto me levantava um pouco. Estava ficando agitada e as pernas estavam meio dormentes e isso não era um sinal muito bom. Não é a toa que minha mãe me chamava de "raiozinho" quando menor.
avatar
Filhos de Zeus

Idade : 20
Mensagens : 11

Ficha Campista/Divina
Level: 5
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Davos H. Grümmer em Seg 9 Dez 2013 - 17:15



⊱ O calor infernal. ⊰


Era perceptível que a garota a sua frente fosse uma pessoa muito interessante de se analisar, porém nada muito julgador para o jovem rapaz, ele não teria o direito de ficar analisando a sua prima, não por ser prima, mas por ter se privado de sentimentos a algum tempo... Davos passou a mão pelo cabelo vagarosamente os bagunçando e deixando-os arrepiados, em seguida olhou atentamente nos olhos da jovem seu receio era maior, então desviou o olhar e voltou a se distrair com a paisagem. — Interessante. — Foram as únicas palavras pronunciadas pelo jovem garoto, que até então mantinha suas mãos pousadas atrás do corpo, olhando distraidamente o lugar que parecia deixar o tempo mais gélido, porém ele não sentia tanto assim, apenas sabia por perceber que o calor de seu corpo estava voltando ao normal aos poucos. — Eu sou Russo, a proposito me chamar de ‘Dav’ vai ser estranho, tenho um irmão gêmeo chamado David. — Ele ergueu a sobrancelha enquanto falava e achou engraçado a forma como a garota falava com ele, de tanto se privar de tudo e todos, estava começando a se sentir um pouco livre por estar começando uma amizade, depois de anos. Apenas deu de ombros levemente quando a garota sugeriu que o mesmo lhe desse um apelido, ficou quieto apenas pensando na possibilidade de dar-lhes um apelido, porém seu jeito não era de ‘apelidar’ as pessoas, mas quem sabe?! Passou novamente a mão por seus cabelos e tornou a os bagunçar.

avatar
Guardião de Perséfone

Idade : 26
Mensagens : 117

Ficha Campista/Divina
Level: 50
Mascote: Cavalo Carnívoro
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Harmonia C. G. Fittipaldi em Qua 11 Dez 2013 - 16:23


if i could be your supergirl...?
I'd fly you to the stars and back again


As pessoas tinham todos os motivos do mundo para poder xingar umas às outras.  Mas eu acho que eu deixava explícito o que eu chamava de “necessitada de tratamento para pessoas especiais” quando eu ficava agitada. Logo, quando estava ali de pé, eu pude erguer-me nas pontas dos pés e depois me abaixar. Várias vezes até que eu percebi que aparentava bastante um exercício de balé. Assim, ergui meus braços e fiz um arco com os mesmos e continuei um pouco com aquele movimento. — Russo? Mas nossa. Que diferente. Qual seu sobrenome? — indaguei enquanto tentava dar uma pirueta equilibrada. Mas quando ele disse "gêmeo", eu quase caí na ponta do meu pé. Tanto que usei meus braços e minha outra perna pra equilibrar-me novamente. — Gêmeo?! Mas meu Deus. Eu vou confundir muito fácil vocês dois. E... Ah. Se eu for conhecer ele um dia, eu vou chamá-lo de... De... De Vid! Aí o seu Dav fica que Davos e o Vid dele de David. — comentava com o mesmo sorriso infantil nos lábios, pronunciando "David" como "Daví", agora girando em torno do lugar onde o rapaz estava. Fazendo uma volta, duas, e na terceira volta, parando para sentar no mesmo lugar onde antes eu estava. — Bom, desculpe-me por isso. Eu tenho sérios problemas de hiperatividade. — comentei por último, ficando com as maçãs do rosto coradas. De novo.
avatar
Filhos de Zeus

Idade : 20
Mensagens : 11

Ficha Campista/Divina
Level: 5
Mascote: Pégasus
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Davos H. Grümmer em Qua 11 Dez 2013 - 16:45



⊱ O Calor Infernal. ⊰


Davos estava adorando está conversando com alguém que não surtasse e tentasse o matar com palavras ou socar sua barriga, ele havia lembrado-se do acontecido a uma semana, do dia em que havia ido até o Pinheiro, desde então havia começado a evitar Sky, e assim o iria fazer por mais algum tempo, até a garota perceber que ela realmente não era o centro do universo e que ele não era o 'monstro' no qual ela o fantasiava, deu de ombros a esses pensamentos e voltou a se concentrar em Harmonia, que a esta altura estava dançando, ao que parecia ser, balé. — Davos Hell Grümmer. — Ele acabou por sorrir em um fio com o canto da boca e passou a mão por seu cabelo o bagunçando enquanto ficava atento as quase quedas da garota, quando pensou em a segurar ela já havia se equilibrado nas varias vezes, então logo ela sentou-se novamente de frente para ele. — Dav e Vid, isso é estranho. — Ele sorriu levemente e voltou a olhar para o local onde estavam, estava procurando algumas palavras para falar, ele já havia se acostumado com o fato de ser quieto e antissocial, agora que havia resolvido voltar um pouco com sua vida anterior, estava confuso com tudo isso. — Enquanto você é hiperativa eu sou quieto demais. — O garoto falou pegando uma barrinha de cereal de chocolate no bolso e em seguida abrindo-a, estendeu a mesma para Harmonia oferecendo-lhe um pedaço, ao qual a garota aceitou animadamente, pois alegou ser alucinada por doces... Sorriu levemente e esperou a mesma devolver a barra, em seguida mordeu um pedaço de sua barrinha.

avatar
Guardião de Perséfone

Idade : 26
Mensagens : 117

Ficha Campista/Divina
Level: 50
Mascote: Cavalo Carnívoro
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alexis H. Malkovich em Qui 26 Dez 2013 - 20:16

Lago de canoagem

Depois de procurar o que comer já que antes estava morrendo de fome, resolvi dar umas voltas pelo acampamento, dei uma mordida em meu sanduíche, é claro e comecei a passear pelos locais enquanto devorava o sanduíche. Sentia-me meio confusa, não sabia o que fazer realmente e estava com um pouco de medo, tinha acabado de descobrir que era filha de Ares, o deus da guerra e o pior... Eu nem gostava de guerras para ser filha dele, isso me fez pensar se eu não sofreria bullying por conta dos meus irmãos que amavam uma briga.

Depois de terminar de comer, voltei ao chalé de Ares só para pegar um livro, pois já que eu não tinha nada melhor pra fazer mesmo; Peguei “As Vantagens De Ser Invisível”, saí do chalé e comecei a andar em direção ao lago de canoagem, estava fresco e calmo por ali, era um lugar ótimo para embarcar na leitura e deixar minha mente vagar, me sentei na beira do lago na “posição do índio”. Agora que estava ali me sentia um pouco ‘animada’, não que eu não quisesse ler, mas estava meio inquieta; Deixei minha mente vagar e comecei a ler o livro.

---

Após algum tempo o tédio começou a me dominar, fechei o livro e coloquei ele sob minhas pernas; Estava inquieta demais para continuar ali quieta lendo e de repente uma coisa me veio a cabeça: Algumas vezes as pessoas me chamavam de “Alicia” e isso era meio estranho já que eu na verdade me chamava Alexis, mas eu sempre respondia quando me chamavam por Alicia, era meio que automático, eu devia ser louca pra responder alguém que nem meu nome chamou, balancei a cabeça e voltei a abrir o livro, devia estar delirando mesmo.
avatar
Mortos

Mensagens : 9

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alicia H. Malkovich em Sex 27 Dez 2013 - 18:17


...
everything can change

Tédio. Falta do que fazer. Solidão. Fome. Não, acho que fome não, já que eu acabara de passar na cozinha e malocado uma maçã. Mas todas as outras opções poderiam ter sido motivos válidos para eu ter me retirado do chalé nesse dia, a julgar que a maioria das vezes os únicos lugares que eu saía era ou para comer ou para treinar. E definitivamente hoje não era o dia mais propício para treinar. Meus cabelos platinados estavam tão longos que a dificuldade para arruma-los era deveras terrível, por tanto não havia necessidade alguma de o fazer, minha maquiagem como sempre carregada e minha roupas definitivamente não eram as do acampamento, aquela camisa laranja não combinava comigo nenhum pouco.

O mais engraçado em andar pelos arredores do acampamento é conhecer cada canto com a palma da mão, já estava em meu segundou - ou seria terceiro? - ano naquele lugar, e a maior verdade de todas era a de que não conseguia me ver mais fora dali. O acampamento era minha casa, ali estava minha família, pra dizer a verdade minha família não era das melhores, e ao que me parece nunca será. Ter uma meia irmã como Tereza, e uma feiticeira como prima não era o de se esperar em uma família "normal". Sem mencionar o fato de que minhas ex's ainda rondavam o acampamento, e era sempre terrível os reencontros do nada. E atualmente ficar sozinha não estava me fazendo bem, e ver meus amigos se atracando com outras pessoas não fazia nada bem.

Respirei fundo retirando os calçados pesados para começar a caminhar pela areia da praia, o acampamento estava calmo, calmo até demais para depois de uma quase guerra entre os acampamentos rivais. Algumas filhas de Afrodite se esparramavam pela areia, bronzeando seus belos corpos herdados por sua mãe, revirei os olhos, por mais que ela fossem gatas aquele mimimi todo me irritava. Meus passos continuavam e me retiravam daquele lugar, a próxima parada era o Lago. O vento começava a me irritar jogando meus cabelos em direções diversas. - Que merda Éolo, tem como parar com a palhaçada não? - Se Gabrielly me ouvisse agora sem dúvida tentaria cortar minha cabeça. Olhava para o céu, praguejando para aquele deus imprestável e tão pouco percebi que algo estava no meio do caminho. - MAS QUE PORRA... - gritei direcionando meu olhar para a coisa que eu atropelei. Minha respiração de repente parou, meus olhos arregalaram-se, como podia isso? Como podia essa garota ser igual a mim? - QUEM É VOCÊ? QUE PORRA DE BRINCADEIRA É ESSA? - minha voz soava alto e com raiva, se fosse alguma brincadeira o responsável pagaria muito caro.


TEMPLATE BY CALIFORNICATION
avatar
Indefinidos

Mensagens : 180

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alexis H. Malkovich em Sex 27 Dez 2013 - 18:36

Lago de canoagem

Estava tudo calmo e eu continuava lendo meu livro, até que... Alguém/alguma coisa me “atropelou”, estava pronta para xingar a tal pessoa, mas quando levantei o rosto para ver quem era fiquei assustada, a garota na minha frente era exatamente igual a mim, só que poderia ser passar pela “gêmea má”, pois ela usava maquiagem pesada e se não fôssemos obrigados a usar a camisa do acampamento, tinha certeza de que a garota se vestiria toda de preto; Ouvi a garota xingar a praguejar pensando que tudo aquilo era uma brincadeira e de repente me veio na cabeça todos os momentos em que alguma pessoa me chamava de Alicia... Meus olhos se arregalaram novamente, não fazia sentido nenhum, eu tinha sido adotada por um homem e ele me levou para morar com ele na Grécia e sempre que eu perguntava da minha mãe ele fugia do assunto, pelo que eu sabia, podia muito bem ter uma gêmea.

- Ahn... Alicia? – Perguntei, mas logo dei um tapa em minha testa e soltei o livro deixando que ele caísse no chão, aquilo só deixaria a garota mais confusa e com mais raiva, pela cara dela, ela achava que aquilo era uma brincadeira e uma brincadeira de muito mal gosto, eu podia não admitir, mas isso me deixava meio irritada, odiava mentiras mais que tudo e era isso que meu “pai” tinha feito, tinha mentido para mim. – Ok, isso é estranho... – Resmunguei enquanto ficava a uma distância segura da garota que parecia que ia me bater a qualquer momento. – Não faz nenhum sentindo – Murmurei. – Quando cheguei aqui, as pessoas começaram a me chamar de Alicia e eu não entendia nada... – Confessei. – Agora até que faz um pouco de sentido e... Ei, você não vai me bater, vai? – Perguntei fazendo uma careta, eu podia ser filha de Ares, mas era a filha de Ares mais estranha da face da terra, devia ser a única que odiava guerras.  
avatar
Mortos

Mensagens : 9

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alicia H. Malkovich em Sex 27 Dez 2013 - 19:21


...
everything can change

Minhas mãos soltaram os sapatos pesados que caíram na areia. Se aquele momento estava sendo completamente pior do que encontrar minhas ex's? Sem dúvida, encontrar a sua xerox mal feita é três vezes mais aterrorizante. Como assim Lilian não me contou que eu tinha uma gêmea, como assim vivi essa porcaria de vida sem saber que eu tinha uma irmã que eu pudesse conviver? E como assim nunca nos vimos nesse acampamento? E porque nem na hora de partir Lilian me contou? Eram muitas questões em minha cabeça, e se tinha uma coisa que eu não conseguia reagir bem eram as pressões que minha própria mente me fazia, era torturante demais.

- Quem é você? E como chegou aqui? E que porra é essa de você ser igual a mim? Da onde você saiu? - comecei a fuzilar a menina com tantas perguntas que seria complicado até mesmo para mim digerir as respostas. A menina tomou distância de mim, e aquilo soou estranho, eu não iria machucar ela, pelo menos não era minha intenção. - Ei, relaxa aí colega, sou estressada mas não irei bater na minha... Ahn... Você. - meneei a cabeça, analisando a menina. Não era uma sósia, tinha os cabelos loiros - não tão platinados como o meu - , olhos azuis brilhantes como os meus. Mas seu rosto continha uma coisa que a muito se perdera em mim, a inocência, a fragilidade, a meiguice. Está aí a constatação de que ela era uma cópia talvez melhor do que eu.

Respirei fundo e notei que meus punhos estavam flexionados, parecia estar pronta a socar alguma coisa, relaxei os músculos do corpo trocando a perna de apoio. - Ah, e eu sou Alicia, o que você já descobriu. - Revirei os olhos, estava relativamente mais calma, estiquei a mão, tentando um cumprimento ao menos amigável depois de toda minha exaltação.

TEMPLATE BY CALIFORNICATION
avatar
Indefinidos

Mensagens : 180

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Philip C. Alecssander em Sex 27 Dez 2013 - 19:37

Estava no chalé quando decidi ir ao lago de canoagem,fazia muito calor e o único lugar mais fresco do acampamento era o lago,coloquei um chinelo e uma bermuda e me encaminhei para lá,havia algumas pessoas ali mas não dei atenção,fiquei na minha sentado por um tempinho ali e molhei minhas mãos na água apreciando o nada ali,estava um tédio,tinha que treinar mas a preguiça me consumia tanto. Suspirei e então me levantei e sai do local.

 



OFF: Faz tantos dias que não entro,só pra não perder o PP mesmo e.e
avatar
Filhos de Atena

Idade : 22
Mensagens : 7

Ficha Campista/Divina
Level: 2
Mascote: Coruja
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alexis H. Malkovich em Sex 27 Dez 2013 - 19:54

Lago de canoagem

Alicia estava mais confusa que eu e realmente isso era confuso, ela fez perguntas novamente xingando e eu me perguntei se aquela garota era mesmo minha irmã gêmea, éramos tão diferentes e tão parecidas ao mesmo tempo. – Estranho não termos nos encontrado antes – Falei dando de ombros enquanto voltava a me aproximar da garota, percebendo que ela não ia me bater, um pequeno sorriso se formou em meus lábios enquanto apertava a mão que ela estendia para mim, era meio... confuso e excitante saber que tinha uma gêmea. – Bom, como disse anteriormente, algumas pessoas do chalé de Ares me olhavam e me chamavam de Alicia e eu achava isso meio esquisito por que... – Suspirei – Ahn, meu nome é Alexis – Falei. – Deve estar confusa como eu né? Vou contar o que sei – Falei enquanto me sentava no chão novamente na “posição do índio”.

- Eu morava na Grécia com meu pai adotivo, nos mudamos quando eu era muito pequena, não me recordo de muita coisa – Comecei. – Mas sempre que eu perguntava ao meu pai sobre minha mãe... Bem, ele desviava do assunto, nunca soube nada sobre ela – Suspirei, crescer sem a imagem de uma mãe foi meio difícil, mas eu tinha me acostumado e meu pai não era todo ruim, ele podia gritar comigo ás vezes, mas nunca tinha levantado a mão para me bater, dizia que as coisas deviam se resolver na base da conversa e não da violência, sempre foi tão calmo; Devia ter passado a calma para mim, porque o modo como eu me comportava agora, tão calma, tão serena, chegava a irritar as pessoas.

- E então... Cá estou eu, quando cheguei aqui fui reclamada por Ares, mas ninguém viu, eu só soube o que estava acontecendo porque Ares apareceu em minha cabeça e me explicou tudo – Falei de uma vez só. – Era meio confuso e tudo começou a ficar mais confuso quando as pessoas me olhavam de um modo estranho e me chamavam de Alicia, que agora descobri ser você, é claro – Sorri. – Apesar disso nunca corrigi ninguém, sempre que me chamavam de Alicia eu respondia, era meio que automático – Dei de ombros enquanto fitava minha irmã gêmea. 
avatar
Mortos

Mensagens : 9

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alicia H. Malkovich em Sex 27 Dez 2013 - 23:00


...
everything can change

A garota parecia ser tão pura que eu chegava a sentir vergonha de mim e a forma como a tratei. Respirei fundo, praguejando ainda em pensamento. - Eu vou matar aquele velhote do Quíron, porque ele me conhece a séculos e me faz essa palhaçada de não me dizer que você existe. - revirei os olhos, estava exausta, minha cabeça girava e meus pensamentos ainda estavam confuso, deveria chamar ela de que? Irmã? Meia irmã? Gêmea? Alexis. Seu nome ainda era parecido com o meu, por Zeus, como Lilian pode ter sido capaz disso, esconder essa garota por tanto tempo, ou vice-versa. Puxei o ar para dentro de meus pulmões novamente, enquanto me sentava na direção da garota.

Retirei meu maço de cigarro do bolsa de trás da bermuda, colocando entre as pernas, olhava para o lago a minha frente, ouvindo Alexis falar. - Seu pai te levou para bem longe de nós pelo visto. - não contive o ar de repugnância na voz ao pronunciar a frase. - Então, cresci com Lilian... ér... nossa mãe. A verdade é que nunca houve um bom afeto entre nós, eram muitas brigas e por aí vai, morávamos em Manhattan até que... - minha voz falhou. Pigarrei tentando recompor a pose de durona, não poderia me deixar levar por esse momento "encontrei minha gêmea perdida". Comecei a estalar os dedos, uma mania desde que Héstia me tornou sua vestal, isso me proporcionava criar fogo, ou pelo menos um pouco dele, ao estalar os dedos, pequenas faíscas saíam deles.

- Pelo visto Ares foi bom com você, algo que passou longe comigo. - um riso fraco saiu de meus lábios ao lembrar do momento e da história da minha reclamação, ser uma semideusa não há glória nenhuma, nenhum glamour, não te dar nenhum poder de verdade. - E por favor, me diz quem foram os estúpidos que te confundiram comigo, você não é nem um pouco igual a mim. Exceto a aparência, que chega a ser medonho. - Pela primeira vez gargalhei de verdade. Mas a pergunta era, como seria daqui pra frente? Como seria ter uma irmã de verdade?


TEMPLATE BY CALIFORNICATION
avatar
Indefinidos

Mensagens : 180

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Alexis H. Malkovich em Ter 31 Dez 2013 - 13:28

Lago de canoagem

Alicia me olhava de um jeito estranho, o que estava começando a me assustar, mas ela não parecia que ia me fazer mal algum, então engoli o medo e deixei que ela falasse, mas antes de contar qualquer coisa, ela tirou um maço de cigarros da bolsa, fiz uma careta e a observei enquanto ela o colocava entre as pernas e assenti quando ela disse que meu tinha me levado para longe, era verdade e por mais que eu quisesse ficar chateada, eu não conseguia, meu pai sempre foi tão atencioso comigo, só não entendia o motivo dele ter escondido toda a história de eu ter uma gêmea, percebi que Alicia falou tudo com um tom de repugnância na voz; Mordi o lábio inferior, eu até que entendia um pouco da repugnância que para mim era dor reprimida dela. – Como consegue fumar isso? – Perguntei apontando para a coisa entre as pernas dela, eu particularmente odiava cigarros, o cheiro me dava náuseas. – Meu pai adotivo nunca me falou da minha mãe... – Falei depois que ela disse que morou com a mãe Lilian e que elas não se davam muito bem.

- Ele só me explicou as coisas, nada demais, provavelmente eu teria morrido antes de chegar aqui se ele não tivesse me guiado – Dei de ombros – Eu não tenho ninguém – Falei enquanto me lembrava de meu pai, eu sentia falta dele, é claro. Mas também me sentia um pouco frustrada, ele tinha quase me expulsado de casa para que eu chegasse até esse acampamento; Sorri quando ela perguntou quem tinha me confundido com ela já que não tínhamos nada em comum, o que de fato... Não tínhamos mesmo, a não ser pela aparência. – Bom... Eu não conheço ninguém aqui, então não posso citar nomes – Falei com um pequeno sorriso nos lábios. – Você não fica no chalé de Ares, né? Fica aonde? – Perguntei curiosa, podia parecer meio invasivo, mas agora que eu a tinha conhecido minha irmã gêmea, não podia perder a chance de conhecer um pouco mais sobre a vida dela.
avatar
Mortos

Mensagens : 9

Ficha Campista/Divina
Level: 1
Mascote: Manticora
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Canoagem

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Aliados e ParceirosCréditos e Copyright©
:: Topsites Zonkos - [Zks] :: Wild Scream RPG RPG Hogwarts Todos os direitos reservados a Monte Olimpus RPG® 2011-2016